Escutar para criar e/ou criar para escutar

provocações para as aulas de música nos anos finais do Ensino Fundamental

Autores

  • Helena Lopes Silva Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

DOI:

https://doi.org/10.5965/2525530406022021213

Palavras-chave:

Jovens, Escuta criativa, Integração entre as artes, Anos finais do ensino fundamental

Resumo

Este artigo apresenta alguns resultados do projeto “Escuta criativa como uma abordagem metodológica para o ensino de música nos anos finais do ensino fundamental” (PIBIC/UFMG/PRPq/2019), desenvolvido no espaço das aulas de Artes de uma escola pública de Belo Horizonte (MG). A proposta consistiu na elaboração e aplicação de oito planejamentos didáticos envolvendo atividades de escuta criativa (DELALANDE, 2019; PAYNTER, 2010) em diálogo com outras linguagens artísticas (CAZNOK, 2008; SCHAFER, 2011). Os dados coletados por meio de observações, filmagens, fotografias e entrevistas realizadas com os jovens e com a professora de Artes revelaram que a escuta criativa mostrou-se como um caminho para a ampliação dos repertórios musicais e para o desenvolvimento musical dos jovens. A estratégia de integrar a música com outras linguagens artísticas propiciou diferentes modos de fruição musical e possibilitou um maior engajamento dos jovens com as atividades propostas durante as aulas.

Referências

ARROYO, Margarete. Juventudes, músicas e escolas: análise de pesquisas e indicações para a área da educação musical. Revista da Abem, Londrina, v. 17, n. 21, p. 53-66, 2009. Disponível em: http://www.abemeducacaomusical.com.br/revistas/revistaabem/index.php/revistaabem/article/view/236. Acesso: 12 dez. 2020.

BRITO, Teca A. Música na educação infantil: propostas para a formação integral da criança. São Paulo: Peirópolis, 2003.

BRITO, Teca A. Um jogo chamado música: escuta, experiência, criação e educação. São Paulo: Peirópolis, 2019.

BJORK. Cvalda. Musical: Dancer in the Dark. Direção: Lars Von Trier. Album:Selmasongs, 2000.

CAGE, John. De segunda a um ano. 2. ed. São Paulo: Cobogó, 2013.

CAZNOK, Yara. Música: entre o audível e o visível. São Paulo: Editora UNESP, 2008.

DELALANDE, François. A música é um jogo de criança. São Paulo: Peirópolis, 2019.

DEL-BEN, Luciana. Música, Ensino e Educação Básica. In: SILVA, Helena Lopes; ZILLE, José Antônio B. (org.). Música e educação Barbacena: Editora da UEMG. p.121-140. (Série Diálogos com os Som. Ensaios, v.2). Disponível em: http://eduemg.uemg.br/component/k2/item/85-musica-e-educacao-serie-dialogos-com-o-som-vol-2. Acesso: 10 dez. 2020.

DISNEY, Walt. The Haunted House. Animação (7min.). USA, 1929.

EGGLESTON, Ralph. For The Birds. Animação (4 min.). Direção: Ralph Eggleston Pixar, 2000.

GREEN, Lucy. Music on deaf ears: musical meaning, ideology and education. 2. ed. London: Arima, 2008.

GREEN, Lucy. Ensino da música popular em si, para si mesma e para “outra” música: uma pesquisa atual em sala de aula. Trad. Flávia Motoyama Narita. Revista da Abem, Londrina, v. 20, n. 28, p. 61-80, 2012. Disponível em: http://www.abemeducacaomusical.com.br/revistas/revistaabem/index.php/revistaabem/article/view/104. Acesso: 14 dez. 2020.

GRIEG, Edvard. Peer Gynt, Op. 23: No. 8. Direção Musical: Thomas Dausgaard. Seattle Symphony. Álbum: Grieg: Peer Gynt, Op. 23 & Piano Concerto in A Minor, Op. 16.

LARROSSA BONDIÁ, Jorge. Notas sobre a experiência e o saber de experiência. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 19, p. 20-28, jan./abr. 2002. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbedu/n19/n19a02.pdf. Acesso em: 10 dez. 2020.

MORAES, Vinícius; CONRAD, Gerson. A rosa de Hiroshima. Interpretação: Secos & Molhados. Álbum: A Volta de Secos & Molhados. 1973.

PAYNTER, John. Sonido y estructura. Madrid: Akal, 2010.

PEREIRA, Eliton Perpetuo Rosa; GILLANDERS, Carol. A investigação doutoral em educação musical no brasil: meta-análise e tendências temáticas de 300 teses. Revista da Abem, v. 27, n. 43, p. 105-131, 2019. Disponível em: http://www.abemeducacaomusical.com.br/revistas/revistaabem/index.php/revistaabem/article/view/850. Acesso em: 10 dez. 2020.

PENDERECKI, Krzysztof. Threnody to the Victims of Hiroshima. Album: Requiem. National Polish Radio Symphony Orchestra, 1994.

PIRES, Nair; DALBEN, Ângela I. L. F. Música nas escolas de educação básica: a produção acadêmica dos cursos de pós-graduação stricto sensu no Brasil (1972-2011). Opus, Porto Alegre, v. 19, n. 2, p. 171-208, 2013. Disponível em: https://www.anppom.com.br/revista/index.php/opus/article/view/121. Acesso em: 11 dez. 2020.

POPOLIN, Állisson. “Eu gosto de escutar música todo o dia […] Todo jovem gosta! –“Escutar música já faz parte da minha vida”: Jovens, escuta diária de música e aprendizagem musical. Dissertação (Mestrado em Música) – Instituto de Artes, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2012. Disponível em: https://repositorio.ufu.br/bitstream/123456789/12305/1/GostoEscutarMusica.pdf. Acesso em: 13 dez. 2020.

RAMOS, Sílvia N. Escuta portátil e aprendizagem musical: um estudo com jovens sobre a audição musical mediada pelos dispositivos portáteis. Tese (Doutorado em Música) – Instituto de Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012. Disponível em: https://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/70225. Acesso em: 12 dez. 2020.

RICHTER, Sandra; LINO, Dulcimarta. Estar à escuta: música e docência na educação infantil. Childhood & Philosophy, Rio de Janeiro, v. 15, p. 1-24, out. 2019.

RINALDI, Carla. Diálogos com Reggio Emilia: escutar, investigar e aprender. Rio de Janeiro: Paz & Terra, 2017.

SCHAFER, Murray R. O ouvido pensante. 2. ed. São Paulo: Editora da Unesp, 2011.

SILVA, Helena Lopes. Música no espaço escolar e a construção da identidade de gênero: um estudo de caso. 2000. 197 f. Dissertação (Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Música, UFRGS, 2000.

SILVA, Helena Lopes da; BARBOSA, Rogério Vasconcelos. Escuta (cria)tiva: propostas para o desenvolvimento da escuta musical na educação básica. Foro de Educación, Salamanca, v. 15, n. 22, p.1-15, 2017.

SILVA, Helena Lopes da. Música, juventude e a construção da identidade de gênero no espaço escolar. Curitiba: Appris, 2019.

SOUZA, Jusamara. Cotidiano e mídia: desafios para uma educação musical contemporânea. In: SOUZA, Jusamara (org.). Música, cotidiano e educação. Porto Alegre: Programa de Pós-Graduação em Música do Instituto de Artes da UFRGS, 2000. p. 45-57.

SOUZA, Jusamara; TORRES, Maria Cecília de Araújo. Maneiras de ouvir música: uma questão para a educação musical com jovens. Revista Música na Educação Básica, Porto Alegre, v. 1, n. 1, p. 46-59, 2009. Disponível em: http://www.abemeducacaomusical.com.br/revista_musica/ed1/pdfs/4_maneiras_de_ouvir_musica.pdf. Acesso em: 12 dez. 2020.

SOUZA, Jusamara; FREITAS, Mária de Fátima Q. Práticas musicais de jovens e vida cotidiana: socialização e identidades em movimento. Música em Perspectiva, Curitiba, v. 7, n. 1, p. 58-80, 2014. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/musica/article/view/38133. Acesso em: 8 dez. 2020.

VELOSO, Caetano. Canto do povo de um lugar. Álbum: Joia. Philips Records, 1975.

Downloads

Publicado

2021-09-10

Como Citar

SILVA, H. L. Escutar para criar e/ou criar para escutar: provocações para as aulas de música nos anos finais do Ensino Fundamental. Orfeu, Florianópolis, v. 6, n. 2, p. 213-234, 2021. DOI: 10.5965/2525530406022021213. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/orfeu/article/view/19249. Acesso em: 24 out. 2021.