Atravessamentos pictóricos e afetivos em A escuridão, o corpo vermelho e o fascínio

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2525530405012020074

Palavras-chave:

Processos criativos, atravessamentos artísticos, ferramentas composicionais, música e pintura

Resumo

O artigo traz relato de um processo composicional musical que teve como fonte de materiais e ideias poéticas uma pintura da artista plástica Tomie Ohtake. Serão discutidos diferentes aspectos do trajeto criativo, de modo a serem ilustradas as ferramentas de escrita escolhidas, a definição de aspectos formais e as potências poéticas envolvidas. Além disso, serão comentadas algumas influências de outras fontes ligadas ao contexto da composição. Desta forma, busca-se mostrar uma possibilidade de trabalho para lidar com a problemática de criar música a partir de uma obra visual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Yugo Sano Mani, Universidade de São Paulo

Mestrando em Sonologia - Processos de Criação Musical sob orientação de Silvio Ferraz. Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.

Bacharel em Composição pelo mesmo departamento.

Referências

Imagens

SZLAVNICS, Chiyoko. Gradients of detail. 2005. 1 figura. Disponível em: http://www.chiyokoszlavnics.org/dwg_row2_05.html.

Partituras musicais

HAYDN, Joseph. Sinfonia nº 47. 1772. 1 partitura. Disponível em: https://imslp.org/wiki/Symphony_No.47_in_G_major,_Hob.I:47_(Haydn,_Joseph).

Sites

ANNA CLYNE. Orchestra. Disponível em: http://www.annaclyne.com/orchestra.

CHIYOKO SZLAVNICS. Disponível em: http://www.chiyokoszlavnics.org/welcome. html.

CLYNE, Anna. Night Ferry. 2012. Boosey & Hawkes, [s. d.]. Disponível em: https://www. boosey.com/cr/music/Anna-Clyne-Night-Ferry/56273.

INSTITUTO TOMIE OHTAKE. Tomie Ohtake. Disponível em: https://www.institutotomieohtake.org.br/o_instituto/tomie_ohtake.

THE UNANSWERED question: notes. Music Web International, [s. d.]. Disponível em: http://www.musicweb-international.com/ives/WK_Unanswered_Question.htm

Gravações musicais

OCAM – ORQUESTRA DE CÂMARA DA ECA/USP. Segredos de Vera Cruz: música

popular brasileira para gaita e orquestra. 2019. Disponível em: https://open.spotify.com/album/5XBIPDkn9pJGYELvQO4JGJ (Acesso em: 9 maio 2020) e https://www.youtube.com/watch?v=wj3FGsmaJdQ&list=OLAK5uy_lo9e336nm_MUQcA3OD5u7sMJgAeLPpSVk (Acesso em: 8 maio 2020).

OCAM – ORQUESTRA DE CÂMARA DA ECA/USP. Sons sobre tons: criações

musicais sobre ideias visuais. 2019. Disponível em: https://open.spotify.com/

album/0bzzycQbWE3QJCebXfRP7D (Acesso em: 15 mar. 2020) e https://www.

youtube.com/playlist?list=OLAK5uy_mmp2etxygakYVzhKarlpsC1rDhZMRssMo (Acesso

em: 15 mar. 2020).

Vídeos

CLYNE, Anna. Night Ferry with the Chigado Symphony Orchestra. Disponível em:

https://www.boosey.com/podcast/Anna-Clyne-Anna-Clyne-Night-Ferry-with-the-

CSO/13272. Acesso em: 7 maio 2020.

CLYNE, Anna. Night Ferry. 2012. Disponível em: https://www.boosey.com/cr/music/

Anna-Clyne-Night-Ferry/56273. Acesso em: 7 maio 2020.

YAMASAKI, Tizuka. Tomie. 2015. Disponível em: https://www.institutotomieohtake.org.

br/o_instituto/tomie_ohtake (Acesso em: 15 mar. 2020) e https://www.youtube.com/

watch?v=x_cA_c6UcQg&feature=emb_logo (Acesso em: 15 mar. 2020).

Referências bibliográficas

BRINDLE, Reginald Smith. The new music: the avant-garde since 1945. 2. ed. New

York: Oxford University Press, 1987.

COX, Arnie. Embodying music: principles of the mimetic hypothesis. Music Theory

Online, v. 17, n. 2, 2011.

DELALANDE, François. Le son des musiques: entre technologie et esthétique. Paris:

INABuchet/Chastel, 2001.

FERRAZ, Silvio. Livro das sonoridades: notas dispersas sobre composição. Rio de

Janeiro: 7 Letras, 2005.

FERRAZ, Silvio. Tatuagens. In: FERRAZ, Silvio. Notas, atos, gestos: relatos

composicionais de Marisa Rezende, Silvio Ferraz, Denise Garcia, Fernando Iazzetta,

Marcos Lacerda, Rodolfo Caesar, Rogério Costa. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2007. p. 91-

(Coleção Trinca Ferro).

FERRAZ, Silvio. Kairos: ponto de ruptura. Ouvirouver (on-line), v. 11, n. 1, p. 34-52, 2015.

FICAGNA, Alexandre Remuzzi. Entre o visual e o sonoro: a composição por imagens.

Tese (Doutorado) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2014.

KLEE, Paul. Pedagogical Sketchbook. Traduzido do alemão para o inglês por Sibyl

Moholy-Nagy. London: Faber and Faber, 1984.

LIMA, Rodrigo. Da nota ao Som: explorando territórios harmônicos. Dissertação

(Mestrado) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2009.

MANI, Pedro Yugo; FERRAZ, Silvio. A obra Quando se muda a paisagem…, de Rodrigo

Lima, como um processo de solfejos. Revista DEBATES: Cadernos do Programa de

Pós-Graduação em Música da Unirio, n. 23, p. 28-76, 2019.

PENHA, Gustavo. Entre escutas e solfejos: afetos e reescrita crítica na composição

musical. Tese (Doutorado) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2016.

RIOS FILHO, Paulo. Um compor-emaranhado: composição, teoria e análise ao longo

de linhas. Tese (Doutorado) – Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2015.

SMALLEY, Denis. Spectromorphology: explaining sound-shapes. Organised Sound, v. 2,

n. 2, p. 107-126, 1997.

SOLOMOS, Makis. De la musique au son: L’émergence du son dans la musique des XXe-

XXIe siècles. Rennes: Presses universitaire de Rennes, 2013. Versão do autor (utilizada no presente artigo) disponível em: https://hal.archives-ouvertes.fr/hal-00769893.

Acesso em: 7 maio 2020.

SWAFFORD, Jan. A question is better than a answer. Medford: Charles Ives Society, [s.d.]. Disponível em: https://charlesives.org/question-better-answer. Acesso em: 3 mar. 2020.

SZLAVNICS Chiyoko. Opening ears. The intimacy of the detail of sound. Filigrane. Musique, esthétique, sciences, société, n. 4, p. 37-58, 2006.

ZAMPRONHA, Edson. Notação, representação e composição: um novo paradigma da escritura musical. São Paulo: Annablume, Fapesp, 2000.

Downloads

Publicado

2020-10-18

Como Citar

SANO MANI, P. Y. Atravessamentos pictóricos e afetivos em A escuridão, o corpo vermelho e o fascínio. Orfeu, Florianópolis, v. 5, n. 1, 2020. DOI: 10.5965/2525530405012020074. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/orfeu/article/view/17254. Acesso em: 31 jan. 2023.