Resenha/Book Review: Music Education in an Age of Virtuality and Post-Truth

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2525530404022019127

Palavras-chave:

Trump, Newton Duarte, Artes, Pós-verdade, Virtual, Educação Musical

Resumo

Este texto apresenta a resenha do livro Music education in an age of virtuality and post-truth, do professor canadense da Western University, Paul G. Woodford. O livro costura o pragmatismo de John Dewey com as ideias de George Orwell sobre as sociedades de massa em busca de compreender o impacto que determinadas ações de políticos do século XXI podem causar no campo da Educação, da Arte e das Humanidades. Como conclusão, são oferecidos exemplos similares de políticos do Brasil e da América Latina, com o suporte das ideias de Newton Duarte,2 que ele chamou de O currículo em tempos de obscurantismo beligerante (2018).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Brunno Rossetti Ogibowski, UDESC

Departamento de Música, Educação Musical e Formação Docente

Referências

DUARTE, Newton. O currículo em tempos de obscurantismo beligerante. Espaço do Currículo, João Pessoa, v. 11, n. 2, p. 139-145, maio/ago. 2018.

FRANKFURT, Harry G. Sobre falar merda. 1. ed. Trad. Ricardo Gomes Quintana. Rio de Janeiro: Editora Intrínseca, 2005.

ORWELL, George. Why I Write. Gangrel Magazine Summer, Londres, Reino Unido. Disponível em: http://orwell.ru/library/essays/wiw/english/e_wiw Acesso em: 12 dez. 2019.

WOODFORD, Paul G. Democracy and Music Education. Bloomington, IN. Indiana University Press, 2004.

Publicado

2019-12-20

Como Citar

OGIBOWSKI, B. R. Resenha/Book Review: Music Education in an Age of Virtuality and Post-Truth. Orfeu, Florianópolis, v. 4, n. 2, p. 127-142, 2019. DOI: 10.5965/2525530404022019127. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/orfeu/article/view/1059652525530404022019127. Acesso em: 28 jan. 2023.