A Vida Social dos Instrumentos Musicais de Eliot Bates

Autores

  • Ricardo Cappra Pauletti Universidade do Estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5965/2525530401022016096

Palavras-chave:

Organologia, Instrumentos Musicais, Teoria Ator-Rede, Eliot Bates

Resumo

Este trabalho apresenta uma resenha sobre o artigo de Eliot Bates (2012) A Vida Social dos Instrumentos Musicais. O autor faz uma reflexão sobre a organologia onde critica os antigos sistemas classificatórios, comenta importantes trabalhos sobre o tema e propõe um novo paradigma baseado na Teoria Ator-Rede.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Cappra Pauletti, Universidade do Estado de Santa Catarina

Ricardo Pauletti é graduado em Licenciatura em Música pela Universidade do Vale do Itajaí - UNIVALI e em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Atualmente é mestrando em musicologia/etnomusicologia na Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC sob orientação do Professor Doutor Luigi Antonio Irlandini com pesquisa intitulada O Violão de Sete Corda no Brasil e sua Trajetória de Acompanhador à Solista.

Referências

BATES, Eliot. The social life of musical instruments. Ethnomusicology, v. 56, p. 363-395, 2012.

KARTOMI, Margaret. On Concepts and Classifications of Musical Instruments. Chicago: University of Chicago Press, 1990.

MORAES, Márcia. A ciência como rede de atores: ressonâncias filosóficas. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, vol. 11(2): 321-33, maio-ago. 2004.

NETTL, Bruno. The Study of Ethnomusicology: Thirty-one Issues and Concepts. Chicago: University of Illinois Press, 1983.

OLIVEIRA PINTO, Tiago de. Som e música. Questões de uma Antropologia Sonora. Revista Antropologia. São Paulo, USP, v.44, n.1, p. 221-286, 2001.

Downloads

Publicado

2017-05-17

Como Citar

PAULETTI, R. C. A Vida Social dos Instrumentos Musicais de Eliot Bates. Orfeu, Florianópolis, v. 1, n. 2, p. 096-102, 2017. DOI: 10.5965/2525530401022016096. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/orfeu/article/view/1059652525530401022016096. Acesso em: 6 fev. 2023.

Edição

Seção

Resenhas, Ensaios e Entrevistas