Vivências de apreciação, improvisação e composição em sala de aula

Autores

  • Roveli Bichels
  • Gislene Natera

DOI:

https://doi.org/10.5965/2358092511112013055

Palavras-chave:

educação musical , composição , improvisação

Resumo

O presente artigo consiste em um relato das atividades de apreciação, improvisação e composição desenvolvidas no estágio curricular do curso de Licenciatura em Música, com turmas de quarto e quinto anos em uma escola da Rede Municipal de ensino de Florianópolis (SC). As atividades foram elaboradas segundo o estabelecido no planejamento anual do professor supervisor e na matriz curricular da Rede Municipal. Neste contexto, as atividades musicais foram planejadas para proporcionar aos estudantes a vivência com a canção africana, a improvisação e a composição, com o objetivo de fomentar a criatividade, a identidade e o fazer musical coletivo. Conclui-se que é importante que o professor liberte-se das amarras de um ensino musical dito tradicional e que os estudantes precisam passar por múltiplas vivências para que consigam analisar, repensar e redefinir conceitos relacionados ao fazer artístico, além de desenvolver sua percepção e capacidade de apreciação musical.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, M. Berenice de.; PUCCI, Magda. Outras terras, outros sons. São Paulo: Callis, 2002.

BIANQUINCH, Jean-Paul Bacoly; MEIRELLES, Regina. A cultura Bassari. In: TUGNY, Rosângela Pereira de; QUEIROZ, Ruben Caixeta de (Org.). Músicas africanas e indígenas no Brasil. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2006, p. 213-226.

CARVALHO, Lilian Rocha de Abreu Sodré. Música africana na sala de aula: cantando, tocando e dançando nossas raízes negras. São Paulo: Duna Dueto, 2010.

CUSTODERO Lori Almeida. A. Buscando desafios, encontrando habilidades: a experiência de fluxo e a educação musical. In: ILARI, Beatriz S. (Org.). Em busca da mente musical. Curitiba: Ed. Da UFPR, 2006, p. 388.

FLORIANÓPOLIS. Secretaria Municipal de Educação. Departamento de Educação Fundamental. Proposta Curricular/ Prefeitura Municipal de Florianópolis. Florianópolis, 2008.

FLORIANÓPOLIS. Secretaria Municipal de Educação. Ensino Fundamental de 09 anos. Florianópolis, 2012.

SMALL, Christopher. El musicar: un ritual en el espacio social.

Revista Transcultural de Música, n.4, 1999, p. 1-16.

Downloads

Publicado

2014-11-17

Como Citar

BICHELS, R.; NATERA, G. Vivências de apreciação, improvisação e composição em sala de aula. Revista NUPEART, Florianópolis, v. 11, n. 1, p. 55-64, 2014. DOI: 10.5965/2358092511112013055. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/nupeart/article/view/5733. Acesso em: 26 nov. 2022.

Edição

Seção

Relatos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)