A APROPRIAÇÃO DE UM MODELO EDUCACIONAL: o ensino mútuo no Funchal nas primeiras décadas de Oitocentos<em>THE APPROPRIATION OF AN EDUCATIONAL MODEL: the monitorial system of education in Funchal during the first decades of the nineteenth century</em>

Autores

  • Carlos Manique da Silva Universidade de Lisboa

Resumo

O presente texto procura perspectivar a educação enquanto dinâmica transnacional, sem, no entanto, negar a historicidade dos processos de recepção de modelos educacionais. Admite-se, na esteira, aliás, de outros investigadores, que na difusão e circulação do conhecimento pedagógico existe uma interface entre o mundial e o local (CARVALHO e Ó, 2009; CARUSO, 2004; NÓVOA, 2000). Por outras palavras, não se afigura legítimo falar de replicação de modelos estandardizados de organização educacional, mas de recepção ativa e interpretativade padrões de influência referenciais para todos os países. Em termos mais operacionais, o que pretendo, tendo obviamente em linha de conta o posicionamento teórico indicado, é discutir a apropriação do modelo de ensino mútuo num contexto sociocultural específico – refiro-me à promoção do “método de Lancaster”, na ilha da Madeira, mais precisamente na cidade do Funchal, a instâncias do súbdito britânico Joseph Phelps, durante as primeiras décadas do século XX. No plano metodológico, adotei três níveis de análise, visando, no fundo, confrontar o modelo global, a saber: i) a rede de atores ligados à difusão do ensino mútuo; ii) a fundação de sociedades civis associadas à afirmação do referido modelo; iii) os materiais impressos.
Palavras-Chave: Conhecimento pedagógico. Ensino mútuo. Joseph Lancaster.

Abstract
O presente texto procura perspectivar a educação enquanto dinâmica transnacional, sem, no entanto, negar a historicidade dos processos de recepção de modelos educacionais. Admite-se, na esteira, aliás, de outros investigadores, que na difusão e circulação do conhecimento pedagógico existe uma interface entre o mundial e o local (CARVALHO e Ó, 2009; CARUSO, 2004; NÓVOA, 2000). Por outras palavras, não se afigura legítimo falar de replicação de modelos estandardizados de organização educacional, mas de recepção ativa e interpretativade padrões de influência referenciais para todos os países. Em termos mais operacionais, o que pretendo, tendo obviamente em linha de conta o posicionamento teórico indicado, é discutir a apropriação do modelo de ensino mútuo num contexto sociocultural específico – refiro-me à promoção do “método de Lancaster”, na ilha da Madeira, mais precisamente na cidade do Funchal, a instâncias do súbdito britânico Joseph Phelps, durante as primeiras décadas do século XX. No plano metodológico, adotei três níveis de análise, visando, no fundo, confrontar o modelo global, a saber: i) a rede de atores ligados à difusão do ensino mútuo; ii) a fundação de sociedades civis associadas à afirmação do referido modelo; iii) os materiais impressos.
Keywords: Educational knowledge. Monitorial system of education. Joseph Lancaster.

Downloads

Publicado

2010-12-17

Como Citar

MANIQUE DA SILVA, C. A APROPRIAÇÃO DE UM MODELO EDUCACIONAL: o ensino mútuo no Funchal nas primeiras décadas de Oitocentos<em>THE APPROPRIATION OF AN EDUCATIONAL MODEL: the monitorial system of education in Funchal during the first decades of the nineteenth century</em>. Revista Linhas, Florianópolis, v. 11, n. 2, p. 68 - 84, 2010. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/linhas/article/view/2126. Acesso em: 6 dez. 2021.