Pensar um sucesso alternativo na universidade – Reclassificar experiências de professores e de estudantes com base na auto-socioanálise

Autores

  • Frédérique Letourneux
  • Juliette Mengneau
  • Anna Mesclon
  • Daniel Veron

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984723821452020233

Resumo

Este artigo oferece uma análise reflexiva sobre uma experiência coletiva de ensino realizada no âmbito de um sistema de apoio ao sucesso da universidade (um curso destinado a ser dedicado à “expressão escrita e oral”), dentro do departamento de sociologia da universidade de Nantes entre 2016 e 2019. O curso está centralizado na realização, pelos alunos, de uma autoanálise socioeconômica. O artigo analisa essa experiência como um « sucesso » educacional relativo, indo além do significado institucional do termo para defini-lo de maneira subjetiva e decompor suas manifestações. Se, em relação aos indicadores institucionais, este exercício e seu impacto são mínimos, destacamos como professores e alunos o adotam e investem. As fontes desse sucesso revelam processos de requalificação das experiências de ensino e aluno e sua relação com a universidade.

Palavras-chave: Práticas de ensino. Condições de trabalho. Sucesso acadêmico. Relacionamento com a universidade.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-05-04

Como Citar

LETOURNEUX, Frédérique; MENGNEAU, Juliette; MESCLON, Anna; VERON, Daniel. Pensar um sucesso alternativo na universidade – Reclassificar experiências de professores e de estudantes com base na auto-socioanálise. Revista Linhas, Florianópolis, v. 21, n. 45, p. 233–259, 2020. DOI: 10.5965/1984723821452020233. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1984723821452020233. Acesso em: 26 maio. 2024.