O desmonte da educação do campo no nordeste brasileiro: diagnóstico, mapeamento e análise do fechamento de escolas do campo no estado do Piauí

Autores

  • David Gonçalves Borges Universidade Federal do Piauí (UFPI), Campus Professora Cinobelina Elvas (CPCE).

Resumo

Este artigo apresenta um diagnóstico, baseado em mapeamentos e análises estatísticas, a respeito do fechamento de 377 escolas do campo no estado do Piauí, nordeste brasileiro, no ano de 2014, afetando mais de sete mil alunos. Foi encontrada uma forte correlação entre o número de escolas fechadas e o número de alunos afetados em cada município. As regiões mais afetadas pelo fechamento das escolas foram precisamente aquelas com maior proporção da população residente em áreas rurais, ou seja, onde existe maior necessidade da existência destas instituições. Não foi verificada diferença estatisticamente significativa entre a filiação política de cada prefeito e o número de escolas fechadas, indicando que todos os partidos políticos aderem aos mesmos procedimentos de gestão de políticas públicas em matéria de educação.

Palavras-chave: Educação do Campo; Educação e Estado – Brasil, Nordeste; Escolas Rurais – Brasil, Nordeste.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

David Gonçalves Borges, Universidade Federal do Piauí (UFPI), Campus Professora Cinobelina Elvas (CPCE).

Professor de Filosofia na Licenciatura em Educação do Campo (Ciências Humanas/Sociais) da Universidade Federal do Piauí (UFPI). Mestre e licenciado em Filosofia. Bacharel e licenciado em Ciências Biológicas.

Downloads

Publicado

2017-04-27

Como Citar

BORGES, David Gonçalves. O desmonte da educação do campo no nordeste brasileiro: diagnóstico, mapeamento e análise do fechamento de escolas do campo no estado do Piauí. Revista Linhas, Florianópolis, v. 18, n. 36, p. 305–324, 2017. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1984723818362017305. Acesso em: 20 maio. 2024.