De sociólogo e de louco todo mundo tem um pouco: ou porque a sociologia é a disciplina mais legal da escola

Autores

  • Fagner Carniel UEM
  • Lennita Oliveira Ruggi UFPR

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984723816302015235

Resumo

Este breve ensaio elabora uma narrativa semi-fenomenológica sobre as possibilidades da sociologia como disciplina no ensino médio, interrogando o lugar e o sentido do artesanato intelectual. Ele é fruto das experiências acumuladas em salas de aula a partir dos diálogos com jovens que perguntam insistentemente sobre a legitimidade, a utilidade e a inteligibilidade do ensino escolar da sociologia. A proposta é insinuar metodologias com potencial de exigir a transformação do próprio saber sociológico, indicando percursos epistemológicos que não estejam ancorados na busca prepotente da "Verdade".

Palavras-chave: Sociologia – estudo e ensino; Ciências Sociais; Prática de ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-04-10

Como Citar

CARNIEL, Fagner; RUGGI, Lennita Oliveira. De sociólogo e de louco todo mundo tem um pouco: ou porque a sociologia é a disciplina mais legal da escola. Revista Linhas, Florianópolis, v. 16, n. 30, p. 235–247, 2015. DOI: 10.5965/1984723816302015235. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1984723816302015235. Acesso em: 21 jul. 2024.