IMPASSES E DILEMAS DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: velhice, analfabetismo e política educacional<em>OLDNESS, EDUCATION AND EXCLUSION: The education of adults and the illiteracy between aged</em>

Autores

  • Marcos Augusto de Castro Peres Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA / Mossoró - RN

Resumo

Este artigo pretende analisar a relação entre velhice e educação nos programas de educação de jovens e adultos (EJA), levando em conta, essencialmente, duas teses: a da exclusão da velhice do projeto educacional brasileiro, e a da funcionalidade do sistema educacional ao sistema produtivo, verificada na sociedade capitalista. Nesta relação, serão consideradas, especificamente, três problemáticas principais de análise: 1) o caráter homogêneo das práticas educacionais verificadas nos programas de EJA, que atendem a um público heterogêneo quanto à faixa etária; 2) a inexistência de uma política educacional específica para a velhice no Brasil e 3) a não-contemplação, em leis como a LDB e o Estatuto do Idoso, do analfabetismo como um problema social que afeta principalmente os idosos. Tais problemáticas revelam, em essência, o descaso do Estado brasileiro para com a “questão social da velhice”, no que se refere a direito à educação, que é (ou deveria ser) universal e não restrito. Como metodologia de análise, utilizou-se a pesquisa bibliográfica e a análise de conteúdo.
Palavras-Chave: Velhice. Educação. Educação de jovens e adultos. Política educacional.

Abstract
This paper intends to analyze the relation between oldness and education in the education of adults programs, considering mainly two theses: the exclusion of the oldness of the Brazilian educational project, and the functionality of the educational system to the productive system, observed in the capitalist society. In this relation, three questions will be considered: 1) the homogeneity of educational actions observed in the education of adults, which attend a heterogeneous group in relation to the age; 2) the inexistence of one specific educational policy for the oldness in Brazil, and 3) the disregard, in specific laws for education and for the elderly, of the illiteracy as a social problem that affects mainly the aged. Such discussions show, in essence, the indifference of the Brazilian State in relation to the “social matter of the oldness”, as for the universal right to the education. As methodology of analysis, the bibliographical research and the content analysis was used.
Key words: Oldness. Education. Education of adults. Educational policy.

Biografia do Autor

Marcos Augusto de Castro Peres, Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA / Mossoró - RN

Cientista Social e Mestre em Sociologia pela UNICAMP. Doutor em Educação pela USP. Professor Adjunto da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), em Mossoró/RN.

Downloads

Publicado

2010-12-17

Como Citar

DE CASTRO PERES, M. A. IMPASSES E DILEMAS DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: velhice, analfabetismo e política educacional<em>OLDNESS, EDUCATION AND EXCLUSION: The education of adults and the illiteracy between aged</em>. Revista Linhas, Florianópolis, v. 11, n. 2, p. 104 - 120, 2010. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1945. Acesso em: 6 dez. 2021.