Experiências de ensino em design de moda: a relação dialógica com o mercado a partir da curricularização da extensão universitária

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/25944630812024e4674

Palavras-chave:

design, moda, ensino, extensão universitária

Resumo

A contemporaneidade é marcada por temas que nos reportam à emergência das questões ambientais e apontam para desafios, nos quais estão depositados os anseios e as esperanças da civilização. A sociedade industrial fornece aos sujeitos consumidores toda a estrutura material e informativa de que ele possa necessitar ao longo de seu ciclo de vida, em um determinado contexto histórico, tecnológico e cultural. Por outro lado, o meio ambiente é parte integrante do espaço físico necessário para a sobrevivência e interações dos seres humanos e todo o tipo de vida no planeta. Para o designer, o ambiente deveria ser considerado com um sistema de artefatos e estruturas capaz de se inter-relacionar em harmonia com o ambiente físico e natural, no uso, manutenção e preservação dos recursos de forma equilibrada. Este artigo pretende relatar a experiência de ensino em Design de Moda e a integração com outros estudantes da Universidade Positivo em um Projeto de Extensão Institucional relacionado à linha de Pesquisa Aplicada ao Meio Ambiente, em cooperação com empresas do setor produtivo do segmento de vestuário feminino, a partir do escopo da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Os projetos de pesquisa e extensão mediados pela visão interdisciplinar do Design, ao abranger múltiplas áreas do conhecimento, oferecem a oportunidade de aprendizado, por meio da interação dialógica entre universidade e comunidade, com a possibilidade da produção de conhecimentos com potencial inovador e transformador de contexto social, econômico, tecnológico ou ambiental, com destaque às questões relacionadas à moda, desenvolvimento sustentável e economia circular.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Helcio Jose Prado Fabri, Universidade Positivo

Designer, Mestre em Comunicação e Linguagens, Docente na área de Design na Universidade Positivo, Professor do Programa de Extensão Institucional da Universidade Positivo.

Referências

BRASIL. RESOLUÇÃO Nº 7, DE 18 DE DEZEMBRO DE 2018. Estabelece as Diretrizes para a Extensão na Educação Superior Brasileira e regimenta o disposto na Meta 12.7 da Lei nº 13.005/2014, que aprova o Plano Nacional de Educação - PNE 2014-2024 e daì outras providências. Disponível em < https://www.in.gov.br/materia/-/asset_publisher/Kujrw0TZC2Mb/content/id/55877808 > Acesso 10 Set 2023.

DI FELICE, M.; PIREDDU, M. Pós Humanismo: as relações entre o humano e a técnica na época das redes. São Caetano do Sul, SP: Difusão Editora, 2010.

FORTY, A. Objetos de desejo: design e sociedade desde 1750. São Paulo: Cosac Naify, 2007.

GWILT, A. Moda sustentável: um guia prático. São Paulo: Gustavo Gili, 2014.

LAFORT OFICIAL. < Disponível em https://lafort.com.br > Acessado 10 Set. 2023.

MALDONADO, T. Cultura, sociedade e técnica. São Paulo: Blucher, 2012.

REDIG, J. Sobre desenho industrial (ou design) e desenho industrial no Brasil. Escola Superior de Desenho Industrial, Rio de Janeiro: Imprinta, 1977

SERRES, M. O contrato natural. Lisboa: Instituto Piaget, 1990.

WICK, R. Pedagogia da Bauhaus. São Paulo: Martins Fontes, 1989.

Downloads

Publicado

2024-02-01

Como Citar

FABRI, Helcio Jose Prado. Experiências de ensino em design de moda: a relação dialógica com o mercado a partir da curricularização da extensão universitária. Revista de Ensino em Artes, Moda e Design, Florianópolis, v. 8, n. 1, p. 1–18, 2024. DOI: 10.5965/25944630812024e4674. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/ensinarmode/article/view/24674. Acesso em: 14 abr. 2024.