Ik dau dót blauma futéla: apontamentos sobre memória e identidade pomerana através da música

Autores

  • Danilo Kuhn da Silva Universidade Federal de Pelotas (UFPel)

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312911172016059

Resumo

Este artigo tem como objetivo trazer apontamentos de pesquisa (em andamento) acerca de aspectos memoriais e identitários pomeranos expressos através da sua música tradicional no contexto sociocultural e histórico da comunidade pomerana da Serra dos Tapes, região sul do Rio Grande do Sul, Brasil. A pesquisa encontra sustentação no conceito de memória cultural de Jan Assmann (1995), o qual postula que uma memória de longa duração se cristaliza em criações culturais nas quais a memória se objetiva, como em uma canção tradicional, por exemplo. Este artigo pretende contribuir para o conhecimento, a preservação, a divulgação e a valorização da música e da cultura pomerana, bem como seus aspectos memoriais e identitários inerentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Danilo Kuhn da Silva, Universidade Federal de Pelotas (UFPel)

Licenciado em Música (UFPel/2004); Mestre em Música (UFPR/2010); Doutorando em Memória Social e Patrimônio Cultural (UFPel).

Downloads

Publicado

2016-12-09

Como Citar

SILVA, Danilo Kuhn da. Ik dau dót blauma futéla: apontamentos sobre memória e identidade pomerana através da música. DAPesquisa, Florianópolis, v. 11, n. 17, p. 059–082, 2016. DOI: 10.5965/1808312911172016059. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/6941. Acesso em: 14 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos