O instrumento bateria

Autores

  • Cesar Adriano Traldi Universidade Federal de Uberlândia
  • Thiago de Souza Ferreira Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312910142015163

Resumo

A bateria é um instrumento da família da percussão. Entretanto, existe uma grande discussão se quando utilizamos a palavra bateria, estamos nos referindo literalmente a um instrumento ou a um conjunto de instrumentos de percussão. É consenso que a bateria é formada por vários instrumentos de percussão, entretanto, encontramos pessoas que encaram a bateria como sendo um instrumento independente da percussão e outras que apontam para a bateria como um set-up de percussão múltipla. Assim, o objetivo dessa pesquisa é analisar características históricas e interpretativas da bateria e do set-up de percussão múltipla buscando identificar características que realmente podem colocar a bateria nesse status de instrumento independente da percussão. Apresentamos o conceito de técnica estendida e técnica tradicional e em seguida um breve histórico do surgimento da percussão múltipla e da bateria. Os resultados alcançados apontam que a bateria possui técnicas e funções musicais extremamente particulares que a diferenciam da percussão múltipla.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cesar Adriano Traldi, Universidade Federal de Uberlândia

Cesar Traldi é bacharel em percussão pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Posteriormente, sob a orientação do Prof. Dr. Jônatas Manzolli, realizou, na mesma instituição, sua pesquisa de mestrado focada no estudo do processo interacional do intérprete com meios tecnológicos e pesquisa de doutorado sobre linguagem contemporânea para percussão e dispositivos eletrônicos em tempo real.

Como solista, tem se destacado nacionalmente através de suas atuações frente a algumas das principais orquestra do país, além de apresentações e recitais solo em diversos Estados brasileiros. Internacionalmente estão apresentações na Croácia, Eslovênia, Dinamarca, Estados Unidos, México, Portugal, Espanha e Cuba.

Foi premiado em importantes concursos como Furnas Geração MusicalV Concurso Petrobras Pró Música para Jovens Solistas,CCLA de Música Instrumental para Jovens, finalista do programa Prelúdio (TV Cultura) e escolhido como destaque do I Festival Internacional de Música da Unicamp.

Como pesquisador, já participou como palestrante e debatedor em mesas redondas de alguns dos principais encontros científicos do Brasil. Entre suas publicações encontram-se trabalhos sobre novas posturas interpretativas na performance de obras para instrumentos de percussão com interação com dispositivos tecnológicos em tempo real, trabalhos esses já apresentados e publicados na França, Espanha, Portugal, além de inúmeros eventos nacionais.

Atualmente, forma com o percussionista Cleber Campos, o Duo Paticumpá. É pesquisador do Núcleo de Música e Tecnologia e professor da Universidade Federal de Uberlândia.

Thiago de Souza Ferreira, Universidade Federal de Uberlândia

Possui graduação em música -licenciatura- com habilitação em instrumento percussão pela Universidade Federal de Uberlândia (2015). Tem experiência na área de Artes, com ênfase em Instrumentação e na educação musical como professor de instrumento (percussão e bateria). No período de março de 2013 à fevereiro de 2015 desenvolveu pesquisa na área de musicologia histórica sob orientação do profº Dr. Silvano Fernandes Baia e fomento da Fapemig. Ataulmente é aluno do programa de Mestrado em Música da Universidade Federal de Uberlândia.

Downloads

Publicado

2015-12-14

Como Citar

TRALDI, C. A.; FERREIRA, T. de S. O instrumento bateria. DAPesquisa, Florianópolis, v. 10, n. 14, p. 163-172, 2015. DOI: 10.5965/1808312910142015163. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/6905. Acesso em: 7 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos