Arte e educação. A mística de Fayga Ostrower e Joseph Beuys

Autores

  • Judivânia Maria Nunes Rodrigues Universidade do Estado do Rio de janeiro -UERJ
  • Antônia Chaves Barcellos Wallig

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312911162016072

Resumo

RESUMO: Partindo do pressuposto de que somos uma sociedade de cultura mística este artigo procura analisar de que maneira esta mística se faz presente na arte e na educação, traçando um paralelo com os mitos e rituais das sociedades primitivas até chegar ao romantismo, que, todavia, imprime grande influência sobre a produção cultural atual. É atráves de dois artistas e educadores contemporâneos, Fayga Ostrower e Joseph Beuys, que buscamos compreender como atuam os mitos, tanto na obra e vida destes artistas, quanto em sua ação como educadores. Em ambas as trajetórias, foi possível observar, apesar de terem vivido e atuado em contextos sociais distintos, muitas semelhanças no trabalho artístico e educativo, onde a presença mística envolve o processo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Judivânia Maria Nunes Rodrigues, Universidade do Estado do Rio de janeiro -UERJ

Arte-educadora no âmbito da Educação Não-Formal, com atuação nas áreas de Arte, Educação, Fotografia e Formação de professores, desenvolvendo Projetos interdisciplinares envolvendo arte, educação e cultura. Idealizou e executou Projetos a partir de editais do BNDES, INCRA, FUNARTE e Fundação Franklyn e Cascaes. Doutoranda pelo PPGARTES da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - UERJ. Mestre em Artes Visuais pala Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, especialista em Fotografia como Instrumento de Pesquisa nas Ciências Sociais pela Universidade Cândido Mendes - UCAM e Bacharel em Geografia pela Universidade Federal do Paraná - UFPR. Arte-educadora do Centro Educacional Marista Lúcia Mayvorne na Comunidade do Mont Serrat em Santa Catarina, desde 2009, realizando Projetos com ênfase na linguagem fotográfica

Antônia Chaves Barcellos Wallig

Graduada em Pedagogia pela Universidade do Estado de Santa Catarina. Mestranda em Artes Visuais, linha de pesquisa Ensino da Arte, naUniversidade do Estado de Santa Catarina. Terapeuta Artística pela Associação Sagres, Florianópolis. Atua como arte-educadora e terapeuta artística em projetos sociais

Downloads

Publicado

2016-08-31

Como Citar

RODRIGUES, J. M. N.; WALLIG, A. C. B. Arte e educação. A mística de Fayga Ostrower e Joseph Beuys. DAPesquisa, Florianópolis, v. 11, n. 16, p. 072-084, 2016. DOI: 10.5965/1808312911162016072. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/6860. Acesso em: 28 nov. 2021.

Edição

Seção

Artigos