Análise da sustentabilidade de produtos através do uso de modelagem

Autores

  • Paulo Cesar Machado Ferroli Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC
  • Lisiane Ilha Librelotto Pós-Arq UFSC

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312911162016085

Resumo

O conceito moderno de sustentabilidade reescreve de modo geral o conceito de design. A evolução nas abordagens dos programas de qualidade e produtividade fez com que o conceito de melhoria contínua tomasse um novo aspecto. O respeito à natureza, considerado como diferencial no final do século passado, adquire um caráter distinto: agora é obrigatório. Contudo, no cerne da atividade de design, está a constante inovação, a satisfação dos desejos dos clientes e a oferta contínua de novos produtos, objetivando a conquista do público-alvo. Aliar essa necessidade com a questão ambiental é muito complexo, pois em primeiro momento o eco-design prioriza a redução, o aumento do ciclo de vida dos produtos, o reaproveitamento e a reciclagem, por exemplo. Ou seja, parecem conceitos opostos. Na busca por tentar conseguir um equilíbrio entre os conceitos, surge a sustentabilidade, mais ampla do que somente o eco-design, pois engloba as questões econômicas, sociais e ambientais em um mesmo patamar de importância. O trabalho atual pretende contribuir nessa discussão mostrando a aplicação dos conceitos da sustentabilidade aplicados em projeto, mediante a experimentação em modelos e protótipos. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Cesar Machado Ferroli, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC

Engenheiro Mecânico, Doutor em Engenharia de Produção, professor do design, adj. 3, CCE -UFSC

Lisiane Ilha Librelotto, Pós-Arq UFSC

Eng. Civil, Doutora em Engenharia de Produção, professor pós-arq UFSC

Downloads

Publicado

2016-08-31

Como Citar

FERROLI, P. C. M.; LIBRELOTTO, L. I. Análise da sustentabilidade de produtos através do uso de modelagem. DAPesquisa, Florianópolis, v. 11, n. 16, p. 085-104, 2016. DOI: 10.5965/1808312911162016085. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/5768. Acesso em: 28 jul. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)