Abordagens somáticas em dança: uma outra perspectiva em pesquisa e criação.

Autores

  • Paloma Bianchi Universidade do Estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312909122014033

Palavras-chave:

Artes Cênicas, Dança, Abordagens Somáticas, Corporeidade

Resumo

As abordagens somáticas se encontram amplamente disseminadas nos processos pedagógicos das artes da cena, tanto por promoverem bem-estar e saúde corporal, como por fomentarem diferentes maneiras de aproximação do corpo e sua expressividade. No entanto, ainda persiste a convenção de que as abordagens somáticas contribuem somente na preparação do corpo e no desenvolvimento da consciência corporal, negligenciando seu potencial como agente propositor e criador. Dessa maneira, essas abordagens se restringem a um papel apenas complementar nas práticas criativas das artes da cena. Explanando sobre sua função e problematizando a posição que ocupa nas práticas e vivências artísticas da atualidade, esse artigo visa ampliar e adensar o entendimento dessas abordagens, a fim de alargar os modos de aplicá-las nas artes da cena da contemporaneidade. Para tanto propõe-se uma discussão entre os filósofos Merleau-Ponty e Michel Bernard sobre o conceito de corporeidade, articulando-o com a noção de ética de Spinoza.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paloma Bianchi, Universidade do Estado de Santa Catarina

mestrando em Teatro pelo Programa de Pós-Graduação em Teatro da UDESC

Downloads

Publicado

2014-12-04

Como Citar

BIANCHI, P. Abordagens somáticas em dança: uma outra perspectiva em pesquisa e criação. DAPesquisa, Florianópolis, v. 9, n. 12, p. 33 - 44, 2014. DOI: 10.5965/1808312909122014033. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/5060. Acesso em: 17 out. 2021.

Edição

Seção

Artigos