Praticidade e sustentabilidade no processo metodológico de pré-desenvolvimento de produtos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/18083129152020e0004

Palavras-chave:

Artesanato-Equipamento e acessórios, Projeto de produto, Produtos ecológicos, Sustentabilidade e meio ambiente

Resumo

O crescente consumo de produtos, o aumento populacional e os novos hábitos da sociedade vêm colaborando para a intensificação da problemática ambiental. Dessa forma, surge a necessidade de conscientização ambiental coletiva e do desenvolvimento de novos produtos, que solucionem ou amenizem estes impactos. Para maior aperfeiçoamento e otimização destes produtos, há a necessidade de utilizar as etapas do pré-desenvolvimento de produtos, as quais abrangem o planejamento estratégico e de projetos. Para tanto, elaborou-se uma proposta de desenvolvimento de um produto menos impactante ambientalmente, desde a etapa do brainstorming de ideias até a comercialização do produto. Tem-se como principais resultados, a redução de resíduos sólidos, pois minimiza o consumo de embalagens e de material para sua confecção; e um produto em forma de protótipo, o qual pode ser manuseado e testado sua usabilidade por possíveis usuários.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eloiza Kohlbeck, UDESC- Universidade do Estado de Santa Catarina

Graduanda em Engenharia de Produção pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Beatriz Christina Baimler, UDESC- Universidade do Estado de Santa Catarina

Graduanda em Engenharia de Produção pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Fernanda Hansch Beuren, UDESC- Universidade do Estado de Santa Catarina

Doutora em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Alexandre Borges Fagundes, UDESC- Universidade do Estado de Santa Catarina

Doutor em Tecnologia pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Professor na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Delcio Pereira, UDESC- Universidade do Estado de Santa Catarina

Doutor em Administração pela Universidade Positivo. Professor na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Referências

ABRE. Produção física de embalagens cresce 2,5% em 2018 e apresenta perspectivas positivas para os próximos anos. 15 mar. 2019. Disponível em: http://www.abre.org.br/noticias/producao-fisica-de-embalagens-cresce-25-em-2018-e-apresenta-perspectivas-positivas-para-os-proximos-anos/. Acesso em: 21 set. 2019.

BARRADAS, Sarah; MARTINS, Márcio; Rinaldo MORAES. A importância da prática da logística reversa como ferramenta de responsabilidade socioambiental no setor de bebidas. In: SIMPÓSIO DE EXCELÊNCIA EM GESTÃO E TECNOLOGIA, 8., 2011, Resende. Anais [...]. [S.l.]: Associação Educacional Dom Bosco, 2011. p. 01-13. Disponível em: https://www.aedb.br/seget/arquivos/artigos11/25614217.pdf. Acesso em: 02 abr. 2019.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Impacto das embalagens no meio ambiente. Disponível

em: http://www.mma.gov.br/responsabilidade-socioambiental/producao-e-consumo-sustentavel/consumo-consciente-de-embalagem/impacto-das-embalagens-no-meio-ambiente. Acesso em: 28 set. 2018.

BULLARD, Olya; MANCHANDA, Rajesh V. Do sustainable products make us prevention focused? Mark Lett, v. 24, p. 177-189, 2013. Disponível em: https://link-springer-com.ez74.periodicos.capes.gov.br/content/pdf/10.1007%2Fs11002-012-9221-2.pdf. Acesso em: 25 set. 2019.

BURGHARDT, J. E. et al. Conceitos aplicados à poluição do solo decorrente do derrame de petróleo e seus derivados. Revista Maiêutica, Indaial, v. 4, n. 1, p. 7-14, 2016. Disponível em: https://publicacao.uniasselvi.com.br/index.php/GAM_EaD/article/view/1533/669. Acesso em: 06 dez. 2018.

CALMANOVICI, C. E. A inovação, a competitividade e a projeção mundial das empresas brasileiras. Revista USP, São Paulo, n. 89, maio 2011. Disponível em: http://rusp.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-99892011000200013&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 18 jan. 2019.

CAMPOS, F.; GAIÃO, I. F. Análise comparativa da experiência das técnicas criativas Brainstorming e Método 635 a partir da Teoria da Atividade. Ergotrip Design, n. 1, p. 10-19, 2015. Disponível em: http://revistas.ua.pt/index.php/ergotripdesign/article/view/4103/3978. Acesso em: 14 jan. 2019.

COSTA, M. A. B.; TOLEDO, J. C. Análise dos modelos e atividades do pré-desenvolvimento: revisão bibliográfica sistemática. Gestão & Produção, São Carlos, v. 23, n. 4, p. 704-717, dez. 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-530X2016000400704 &lng=pt&nrm=isso. Acesso em: 15 nov. 2018.

CROCKER, Robert. Somebody else’s problem: consumerism, sustainability & design. New York: Taylor & Francis Group, 2017. Disponível em: https://www.crcpress.com/Somebody-Elses-Problem-Consumerism-Sustainability-and-Design/Crocker/p/book/9781783534913. Acesso em: 24 set. 2019.

CUNHA, Julio Araujo Carneiro da et al. Desempenho de serviços e produtos em uma rede de franquias de fast food: reflexões acerca do modelo de entrega em domicílio. In: CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE VAREJO E CONSUMO, 12., 2017, São Paulo. Anais [...]. São Paulo: FGV, 2017. p. 01-11. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ocs/index.php/clav/clav2017/paper/view/6019. Acesso em: 22 set. 2019.

DIAS, Juliana de Carvalho. Rotas de destinação dos resíduos plásticos e seus aspectos ambientais: uma análise da potencialidade da biodegradação. 2016. 72f. Dissertação (Mestrado em Planejamento Energético) - Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2016. Disponível em: http://www.ppe.ufrj.br/images/publica%C3%A7%C3%B5es/mestrado/Juliana_de_Carvalho_Dias.pdf. Acesso em: 21 set. 2019.

FAGUNDES, Alexandre Borges. Modelagem fuzzy para avaliação de desempenho ambiental do gerenciamento de resíduos sólidos industriais. 2015. 213 f. Tese (Doutorado em Tecnologia) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2015 Disponível em: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/1140. Acesso em: 12 out. 2018.

FERREIRA, M. G. G.; MICHELS, E. Gerenciamento ágil no processo de desenvolvimento de produtos inovadores: Uma análise bibliográfica sistemática. Revista de Gestão e Projetos, São Paulo, v. 4, n. 1, p. 52-76, jan./abr.2013.Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/descarga/articulo/5078069.pdf. Acesso em: 07 dez 2018.

FREITAS, Ana Luiza Cerqueira; ROMEIRO, Eduardo Filho. Desenvolvimento de produtos para a produção artesanal. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 24., 2004, Florianópolis. Anais [...]. Florianópolis: ABEPRO, 2004. p. 349-356. Disponível em: http://www.abepro.org.br/biblioteca/enegep2004_enegep0103_0807.pdf. Acesso em: 28 mar. 2019.

MAFRA, José Roberto Dourado; VIDAL, Mario Cesar Rodríguez. Inovação e ergonomia: novos produtos, novos processos ou novos paradigmas. Sociedade, contabilidade e gestão, Rio de Janeiro, v. 3, n. 2, jul./dez. 2008. Disponível em: http://atena.org.br/revista/ojs-2.2.3-06/index.php/ufrj/article/view/462/450. Acesso em: 30 mar. 2019.

MANZINI, Ezio; VEZZOLI, Carlo. O desenvolvimento de produtos sustentáveis: os requisitos ambientais dos produtos industriais. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2016.

MAXWELL, Dorothy; SHEATE, William; VORST, Ritavan der. Functional and systems aspects of the sustainable product and service development approach for industry. Journal of Cleaner Production, v. 14, n. 17, p. 1466-1479, 2006. Disponível em: https://www-sciencedirect.ez74.periodicos.capes.gov.br/science/article/pii/S0959652606000783. Acesso em: 22 set. 2019.

ROZENFELD, H.; FORCELLINI, F.A.; AMARAL, D.C.; TOLEDO, J.C.; SILVA, S.L.; ALLIPRANDINI, D.H.; SCALICE, R.K. Gestão de desenvolvimento de produtos: uma referência para a melhoria do processo. São Paulo: Saraiva, 2006.

SILVEIRA, Roberto Patrocinio. Conhecimento em resíduos sólidos e coleta seletiva na era da reutilização e da reciclagem: o ex-lixo como pilar de uma sociedade mais inclusiva e menos insustentável. Brasília, 2014. 133 p. Monografia (Graduação) - Universidade de Brasília, Departamento de Geografia. Disponível em: http://bdm.unb.br/bitstream/10483/9855/1/2014_

RobertoPatrocinioSilveira.pdf. Acesso em: 07 abr. 2019.

SLOMSKI, Valmor et al. Sustentabilidade nas organizações: a internalização dos gastos com o descarte do produto e/ou embalagem aos custos de produção. Revista de Administração, São Paulo, v. 47, n. 2, p. 275-289, jul. 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-21072012000200009&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 21 set. 2019.

SOUZA, Adriano José Sorbile de. Design como forma de inovação no Processo de Desenvolvimento de Produtos (PDP) e seus conceitos metodológicos. Di Factum, Lorena, v. 1, n. 1, p. 69-74, set./dez., 2016. Disponível em: http://fatea.br/seer3/index.php/Difactum/article/view/23/19. Acesso em: 22 set. 2019.

STOCK, T.; SELIGER, G. Opportunities of sustainable manufacturing in industry 4.0. Elsevier B.V. 2016. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S221282711600144X. Acesso em: 21 set. 2019.

TROTT, P. Gestão da inovação e desenvolvimento de novos produtos. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2012.

VENTURA, Rodrigo. Mudanças no perfil do consumo no Brasil: principais tendências nos próximos 20 anos. Macroplan, [s.l.], p. 01-15, 2010. Disponível em: http://macroplanconsultoria.com.br/Documentos/ArtigoMacroplan2010817182941.pdf. Acesso em: 30 mar. 2019.

VIANNA, Anderson Martins. Poluição ambiental, um problema de urbanização e crescimento desordenado das cidades. Revista SUSTINERE, Rio de Janeiro, v. 3, n. 1, p. 22-42, jan./jun., 2015. Disponível em: http://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/sustinere/article/view/17325/12855. Acesso em: 09 out. 2018.

Publicado

2020-04-07

Como Citar

KOHLBECK, E.; BAIMLER, B. C.; BEUREN, F. H.; FAGUNDES, A. B.; PEREIRA, D. Praticidade e sustentabilidade no processo metodológico de pré-desenvolvimento de produtos. DAPesquisa, Florianópolis, v. 15, p. 01-24, 2020. DOI: 10.5965/18083129152020e0004. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/18083129152020e0004. Acesso em: 21 set. 2021.