A casa que habito a casa que habita em mim

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312915252020e0025

Palavras-chave:

Artes cênicas e crianças, Linguagem corporal na arte, Brincadeiras na arte, Performance (Arte)

Resumo

Este texto refere-se ao trabalho desenvolvido com crianças pequenas numa instituição de
Educação Infantil. O trabalho cotidiano com as crianças se inspira em movimentos que
compõem Invenções Brincantes/Artísticas. Na combinação de elementos advindos da
psicomotricidade, principalmente na perspectiva dos autores franceses Bernard Aucouturier e Andre Lapierre; e outros da arte, tendo por referência artistas como Lygia Clark, Elisa Bracher, Hélio Oiticica, Amélia Toledo, Deborah Colker, Leandro Selister, brotam as Invenções
Brincantes/Artísticas. O trabalho é pensado e tramado oportunizando que as crianças
brinquem com a arte, com os artistas, com as obras, com as proposições, com os materiais e
com as técnicas. Espaços e tempos de brincadeira nos quais as crianças criam. Um dos
intuitos das Invenções Brincantes/Artísticas é o de permitir que o corpo infantil sobrevenha,
priorizando um espaço-tempo nas rotinas escolares para um trabalho de cunho corporalartístico. O corpo-arte instigando o desejo infantil de experimentar e de conhecer, um espaçotempo para manifestação do que pode um corpo infantil. No início do ano de 2017, uma dupla de professoras define A CASA como alusão para o trabalho com as crianças no decorrer daquele ano. A CASA foi, portanto, o elemento que nutriu a poesia e o pensamento sobre as coisas do mundo. A arte contemporânea em diálogo com a linguagem performática, o teatro, o cinema, a dança e a literatura deram subsídios para a reflexão sobre corpo e infância no espaço escola.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lígia Mara Santos, Núcleo de Desenvolvimento Infantil - NDI Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Pofessora do Núcleo de Educação Infantil (NDI) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Referências

ATTAR, Farid al-Din. A linguagem dos pássaros. São Paulo: Attar Editorial, 2011.

BACHELARD, G. A Poética do Espaço. São Paulo: Martins Fontes, 1989.

BENJAMIN, W. Reflexões sobre a criança, o brinquedo e a educação. São Paulo: Editora 34, 2009.

BRACHER, E.; VALENTIM, F.; NAVES, R. A cidade e suas margens. São Paulo: Editora 34, 2008.

CASA. Criação, Direção e Coreografia: Deborah Colker. Rio de Janeiro: Dan Hassan, 1999. 1 DVD (60 min.), son., color.

A CASA. Intérprete: Boca Livre. In: A Arca de Noé, [S. l..]: Gravadora Ariola , 1980. 1 disco sonoro, faixa 2, lado 2 (2 min., 13 sec.). Disponível em: http://www.toquinho.com.br/album/lp-a-arca-de-noe-1-polygram-1980/. Acesso em: 3 mar. 2020

A CASA é sua. Intérpretes: Arnaldo Antunes/Ortinho. In: Ao vivo lá em casa. Intérprete: Arnaldo Antunes. [S. l.] : Gravadora Rosa Celeste, 2010. 1 CD, faixa 1( 4 min., 41 sec.) Disponível em: https://open.spotify.com/track/0QjxHLuEJHmAFDyMkEDf7z. Acesso em: 08 mar. 2020.

CASA é Sua - Arnaldo Antunes: videoclipe oficial (Projeto 3 Clipes - 1 Curta) . Publicado on-line pelo canal Três Clipes. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=Y-xVpQ1KRWw. Acesso em: 20 fev. de 2020.

CHIARELLI, T. Leda Catunda. São Paulo: Cosac & Naify Edições, 1998.

COLKER, D.; BOSCO, F.; ELIAS, J. Companhia de dança Deborah Colker. Rio de Janeiro: Réptil, 2013.

DOGVILLE. Direção: Lars Von Trier. Dinamarca: California Filmes, 2003. 1 DVD (171 min.), son., color. Legendado.

EM BUSCA do ouro. Direção : Charles Spencer Chaplin. Produção de United Artists. Estados Unidos: Charlie Chaplin Film Corporation, 1925. 1 DVD (96 min.) P&B.

ERNESTO NETO. São Paulo: Itaú Cultural, 2020. Website: Enciclopédia Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. Disponível em: https://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa11848/ernesto-neto. Acesso em: 19 abr. 2020.

LALAU; LAURABEATRIZ. Passarinhos do Brasil: poemas que voam. São Paulo: Peirópolis, 2013.

LALAU; LAURABEATRIZ. Sobre Voos: o que as aves brasileiras veem lá de cima. São Paulo: Editora Manole, 2008.

LOVE Casa Batlló. Barcelona: Vimeo, 2013. 1 vídeo (2 min., 34 sec.) son. color. Disponível em: https://vimeo.com/81086090. Acesso em: 3 mar. 2020.

MARQUES, A. M.; JORGE, E. Como se fosse a casa: (uma correspondência). Belo Horizonte: Relicário Edições, 2017.

MELLO, R. Meninos do Mangue. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2001.

MELLO, R. Clarice. São Paulo: Global, 2018.

MELLO, R. Vizinho, Vizinha. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2002.

PÁEZ VILARÓ, C. Museo-Taller de Casapueblo (Uruguai). Uruguai : Casapueblo, 2015. Facebook: @museotallerdecasapueblo. Disponível em: https://www.facebook.com/museotallerdecasapueblo/. Acesso em: 03 mar. 2020.

PATRICK Dougherty. Publicado on-line pelo site Patrick Doucherty, News , Carolina do Norte : [s . n.], 2015. Disponível em: http://www.stickwork.net/news. Acesso em: 03 mar. 2020.

PINACOTECA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Lygia Clark da obra ao acontecimento: somos o molde : a você cabe o sopro. [Catálogo]. Curadoria: Suely Rolnik; Corinne Diserens. São Paulo: Pinacoteca do Estado de São Paulo, Organização Social de Cultura, 2005.

QUINTANA, M. Preparativos de Viagem. Rio de Janeiro: Alfaguara, 2013.

RESTANY, P. Hundertwasser: o pintor das cinco peles. Lisboa: Taschen, 2003.

SELISTER, L. Leandro Selister: paixão por capturar imagens que marquem a passagem do tempo. [S. l] : Dana. Website: Dana, entrevistas. Disponível em: https://dana.com.br/social/entrevistas/leandro-selister/. Acesso em: 03 mar. 2020.

SELISTER, L. Tique-taque tremor das pequenas coisas. Porto Alegre: Escritos, 2014.

SELISTER, L. Tique-Taque, tremor das pequenas coisas. [S. l. : s. n.], 2004. Blog: Leandro Selister, projetos. Disponível em: https://www.leandroselister.com.br/blog/portfolio-item/tique-taque-tremor-das-pequenas-coisas/. Acesso em: 03 mar. 2020.

SÍS, P. A Conferência dos Pássaros. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2013.

TOLEDO, A. Amélia Toledo: arte, liberdade, aventura. [S. l. : s. n.], 2017. Website: Amélia Toledo Disponível em: https://ameliatoledo.com/artista/. Acesso em: 3 mar. 2020.

Publicado

2020-10-20

Como Citar

SANTOS, L. M. A casa que habito a casa que habita em mim. DAPesquisa, Florianópolis, v. 15, n. esp., p. 01-28, 2020. DOI: 10.5965/1808312915252020e0025. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/17953. Acesso em: 16 maio. 2021.