"Em memória de um amigo": considerações sobre Camargo Guarniei pós-tonal

Autores

  • Acácio Tadeu de Camargo Piedade UDESC
  • Allan Medeiros Falqueiro UDESC

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312903052008595

Palavras-chave:

Análise Musical, Musicologia-Etnomusicologia, Teoria musical, Música no contexto sócio-cultural e histórico

Resumo

Camargo Guarnieri é um compositor vinculado ao movimento nacionalista, e suas obras são geralmente analisadas e consideradas sob este viés. Na pequena peça para piano “Em memória de um amigo”, composta em 1972, parece não haver traços de seu nacionalismo típico. O presente artigo pretende investigar esta peça através de uma análise de classes de altura e refletir sobre a linguagem pós-tonal no repertório do compositor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-08-14

Como Citar

DE CAMARGO PIEDADE, A. T.; MEDEIROS FALQUEIRO, A. "Em memória de um amigo": considerações sobre Camargo Guarniei pós-tonal. DAPesquisa, Florianópolis, v. 3, n. 5, p. 595-609, 2019. DOI: 10.5965/1808312903052008595. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/15494. Acesso em: 17 out. 2021.

Edição

Seção

Música

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)