Desenhando através do Grafite: um método dialógico

Autores

  • Célia Maria Antonacci Ramos UDESC
  • Cristine Medeiros Esmeraldino UDESC

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312903052008459

Palavras-chave:

Método Dialógico, Grafite, Poéticas do Urbano

Resumo

Este artigo objetiva publicar uma reflexão teórica sobre uma oficina prática desenvolvida durante o ano de 2007 pelo grupo de pesquisa “Poéticas do Urbano” junto aos jovens da ONG. Escrava Anastácia. A partir da linguagem do grafite como uma metodologia capaz de envolver jovens de periferia, o grupo realizou duas oficinas que objetivavam pesquisar o imaginário de jovens da periferia de Florianópolis, e possibilitar um trabalho de integração e auto-estima dos jovens. A partir do conceito de cidade para os jovens foi proposto um tema e solicitado aos jovens que mostrassem através do desenho os conceitos estabelecidos. Na segunda etapa, os desenhos integrados foram realizados em técnica de grafite.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-08-14

Como Citar

ANTONACCI RAMOS, C. M.; MEDEIROS ESMERALDINO, C. Desenhando através do Grafite: um método dialógico. DAPesquisa, Florianópolis, v. 3, n. 5, p. 459-470, 2019. DOI: 10.5965/1808312903052008459. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/15414. Acesso em: 1 ago. 2021.

Edição

Seção

Artes Visuais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)