Como se faz tendência? O desenvolvimento de um modelo conceitual para a pesquisa prospectiva

Autores

  • Sandra Regina Rech Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Amanda Queiróz Campos Universidade do Estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312904062009581

Palavras-chave:

observação, análise, sinais, tendências

Resumo

Visando a comunicação de tendências prospectivas do segmento de moda e a divulgação de tais previsões, foram realizadas pesquisas bibliográficas específicas sobre metodologias de pesquisa e interpretação sociológicas. Um levantamento textual no uni- verso das ciências humanas foi considerado relevante devido à necessidade do projeto de pesquisa utilizar uma metodologia de pesquisa qualitativa que está embasada em um procedimento de comparação de modos de conduta e ação constantes. Posteriormente à pesquisa, houve a criação de uma metodologia de trabalho própria, baseada na Teoria Fun- damentada nos Dados de Glaser (1978) e Strauss e Corbin (1990).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-11-12

Como Citar

REGINA RECH, S.; QUEIRÓZ CAMPOS, A. Como se faz tendência? O desenvolvimento de um modelo conceitual para a pesquisa prospectiva. DAPesquisa, Florianópolis, v. 4, n. 6, p. 581-587, 2018. DOI: 10.5965/1808312904062009581. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/14223. Acesso em: 27 set. 2021.

Edição

Seção

Moda