Fundamentos sociológicos da educação musical escolar

Autores

  • Emanuel de Souza Pereira Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Sergio Luiz Ferreira de Figueiredo Universidade do Estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312905072010318

Palavras-chave:

educação musical, sociologia da educação musical, diversidade cultural, legislação sobre educação musical, funções da educação musical escolar

Resumo

A aprovação da lei nº 11.769/2008 que institui a obrigatoriedade do ensino de música na educação básica trouxe uma possibilidade de mudança no cenário da educação musical brasileira. Neste contexto, este artigo investiga, através de uma revisão bibliográfica, os fundamentos sociológicos para a educação musical escolar com o objetivo de encontrar argumentos que possam contribuir para orientar as discussões curriculares e justificar a importância da educação musical na educação básica. O principal argumento encontrado na bibliografia diz respeito ao potencial da educação musical em trabalhar a diversidade cultural; o segundo argumento discutido refere-se a capacidade da educação musical de aproximar e integrar os alunos com a escola e aproximar a escola da comunidade; um terceiro enfoque que identificamos para discussões futuras diz respeito à importância da educação musical no desenvolvimento de conhecimentos e habilidades que constituem demandas do âmbito do trabalho e do tempo livre na sociedade do século XXI.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-10-31

Como Citar

DE SOUZA PEREIRA, E.; LUIZ FERREIRA DE FIGUEIREDO, S. Fundamentos sociológicos da educação musical escolar. DAPesquisa, Florianópolis, v. 5, n. 7, p. 318-332, 2018. DOI: 10.5965/1808312905072010318. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/14101. Acesso em: 24 jan. 2022.

Edição

Seção

Música