Adolpho Mello – de seu manual: “Pequena arte da expressão do violino” e considerações sobre a música de salão em Desterro e São José

Autores

  • Flora Ferreira Holderbaum USP

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312906082011418

Palavras-chave:

Adolpho Mello, violino, música de Salão, Desterro, São José

Resumo

Este trabalho tem como foco a obra teórico-técnica intitulada “Pequena Arte da Expressão do Violino ou Nuanças que fazem a Beleza da Execução”, de Adolpho Ferreira de Mello, compositor, intérprete e maestro natural de São José (SC) que atuou naquela cidade e em Desterro* (atual Florianópolis), nos fins do século XIX e início do XX. Traçaremos um breve perfil histórico das duas cidades vizinhas, situando o contexto musical local frente ao cenário nacional da Música de Salão e, através de artigos em revistas e jornais da época, resgataremos informações sobre a atuação musical de Adolpho Mello, a fim de lançar um olhar mais amplo sobre sua figura histórica. A seguir, faremos uma análise de seu anual de violino, analisando os conceitos ali apresentados à luz da literatura pedagógica do violino. Verificaremos assim, a relação entre a obra pesquisada e o referencial teórico–tecnico violinístico encontrado em Galamian e Flesch.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-10-25

Como Citar

HOLDERBAUM, F. F. Adolpho Mello – de seu manual: “Pequena arte da expressão do violino” e considerações sobre a música de salão em Desterro e São José. DAPesquisa, Florianópolis, v. 6, n. 8, p. 418-435, 2018. DOI: 10.5965/1808312906082011418. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/14025. Acesso em: 30 jul. 2021.

Edição

Seção

Música