O ensino da arte em Santa Catarina: aspectos teóricos e práticos

Autores

  • Isadora Gonçalves de Azevedo Universidade do Estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312906082011261

Palavras-chave:

ensino de arte, professores, greve de professores

Resumo

Este artigo resultou da disciplina denominada Estágio Curricular Supervisionado II, referente à quinta fase do curso de graduação em Licenciatura em Artes Visuais da Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC. Devido à greve dos professores da rede estadual de educação e à consequente interrupção do estágio supervisionado, optou-se por trabalhar com entrevistas a professores de artes das escolas. Este artigo trata, pois, da análise de uma entrevista realizada, bem como de algumas considerações acerca da Proposta Curricular de Santa Catarina (2005) para o ensino de arte. Como resultados encontrados, destacam-se as divergências entre as propostas do Estado e a realidade encontrada nas escolas. Não obstante, a desvalorização do professor de arte parece ser um agravante para a qualidade do ensino de arte.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-10-25

Como Citar

AZEVEDO, I. G. de. O ensino da arte em Santa Catarina: aspectos teóricos e práticos. DAPesquisa, Florianópolis, v. 6, n. 8, p. 261-272, 2018. DOI: 10.5965/1808312906082011261. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/14010. Acesso em: 26 set. 2021.

Edição

Seção

Artes Visuais