Micro-resistência no espaço urbano: um olhar sobre a dança na cidade

Autores

  • Débora Souto Allemand Universidade Federal de Pelotas
  • Eduardo Rocha FAUrb - UFPel

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312910132015003

Resumo

O trabalho busca encontrar as relações que são feitas entre o espaço e o corpo e como a Arquitetura pode influenciar no movimento do corpo. Como ler a cidade corporalmente? A pesquisa tem como foco o estudo da cidade através de pesquisas de grupos de dança que a utilizam, para compreender como os diferentes espaços geram diferentes corpos e movimentos. Foram pesquisados os seguintes grupos de dança: Trisha Brown, Dani Lima, Muovere Cia. de Dança, ...AVOA! e La Casa. O trabalho propõe-se a chamar a atenção para os corpos e para o movimento do espaço, abrindo possibilidade para uma nova forma de projetar espaços. Assim, a arte é capaz de transgredir, possibilitando outro olhar sobre a cidade, criticando o "movimento automatizado" dos cidadãos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Débora Souto Allemand, Universidade Federal de Pelotas

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Pelotas (2013) e é Graduanda em Licenciatura em Dança pela UFPel. Faz Mestrado no Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal de Pelotas, na linha de pesquisa Urbanismo Contemporâneo. Trabalha com aproximações entre a área de Dança Contemporânea e o Espaço Urbano.

Eduardo Rocha, FAUrb - UFPel

Eduardo Rocha é Arquiteto e Urbanista, Professor Doutor na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo e no Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo UFPel. Coordena o Grupo de Pesquisa Cidade + Contemporaneidade.

Downloads

Publicado

2015-06-29

Como Citar

ALLEMAND, D. S.; ROCHA, E. Micro-resistência no espaço urbano: um olhar sobre a dança na cidade. DAPesquisa, Florianópolis, v. 10, n. 13, p. 003-15, 2015. DOI: 10.5965/1808312910132015003. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/10.5965. Acesso em: 3 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)