A OFICINA DE VIVÊNCIA CINEMA E EDUCAÇÃO: UMA VISÃO INTERDISCIPLINAR NA ESCOLA

Autores

  • Sebastião Gaudêncio Branco de Oliveira UDESC

DOI:

https://doi.org/10.5965/198431781112015167

Resumo

O artigo desenvolve reflexões a partir da oficina de vivência cinema e educação: uma visão interdisciplinar na escola realizada no contexto do projeto de iniciação à docência subprojeto interdisciplinar com vistas à uma construção coletiva e interdisciplinar da oficina. A concepção da oficina surgiu de observações/participantes em uma escola de Florianópolis, de um exercício audiovisual na Usina de Cinema e dos escritos de Nielson Ribeiro Modro (2008) sobre o projeto de extensão Cineducação na Univille, bem como as discussões advindas do PIBID Interdisciplinar da UDESC a partir do desejo de veicular o cineclube Presença nas escolas participantes. A vivência volta-se para a equipe de cinema e a produção de uma narrativa audiovisual como eixo interdisciplinar passível de aplicação em diversos campos do saber no ensino fundamental quando o professor se apodera de elementos tecnológicos como ferramentas didáticas. A oficina possibilitou como resultados dessa experiência um treino de instrumentalização a partir de mídias disponíveis no cotidiano; a iniciação à linguagem cinematográfica por meio de um exercício de imagem e movimento; e a apresentação da produção com discussão sobre possibilidades de uso em sala de aula.

Biografia do Autor

Sebastião Gaudêncio Branco de Oliveira, UDESC

Bacharel em Naturologia Aplicada pela Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL. Acadêmico do curso de Licenciatura em Artes Visuais na Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC. Estudante no Ateliê de gravura do Centro Integrado de Cultura desde março de 2014. Bolsista do Programa de Iniciação à Docência subprojeto interdisciplinar da Universidade do Estado de Santa Catarina desde março de 2014.

Downloads

Publicado

2015-10-02

Edição

Seção

Relatos de Experiência