ARTE, EXPERIÊNCIA E MODOS DE ENGAJAMENTO

Autores

  • Daniela Abreu Matos UFMG

Resumo

O objetivo desse artigo é questionar uma associação imediata entre arte e transformação social, reconhecendo a potência transformadora nos modos de engajamento de sujeitos – neste caso, jovens moradores de comunidades periféricas – resultantes de propostas artísticas que apresentam na sua dinâmica interna o valor de uma experiência. Para isso, propomos pensar a condição transformadora do fazer artístico a partir da noção de experiência, na acepção proposta por John Dewey (1980), filósofo vinculado ao pragmatismo norte-americano, a partir da análise dos relatos de jovens integrantes da ONG CRIA – Centro de Referência Integral de Adolescentes.

Biografia do Autor

Daniela Abreu Matos, UFMG

Aluna do Curso de Doutorado do Programa de Pós Graduação em Comunicação da UFMG/ Bolsista FAPEMIG.

Downloads

Publicado

2012-03-14