A aplicabilidade da Norma Técnica nº 12/2007 – Brigada de Incêndio, que se aplica a todas as edificações e áreas de risco enquadradas na lei nº 1.787, de 15 de maio de 2007, do estado do Tocantins, no CMEI Contos de Fada

Autores

  • Kamila Cunha dos Santos Universidade Federal do Tocantins http://orcid.org/0000-0002-3963-2297
  • Franciely Pereira Ribeiro Universidade Federal do Tocantins
  • Ithalo Alves de Sousa Universidade Federal do Tocantins
  • Mara Barros Carneiro Universidade Federal do Tocantins
  • Rogério de Sousa Universidade Federal do Tocantins

Palavras-chave:

Atuação docente, Norma Técnica nº 12/2007, Primeiros Socorros, Segurança de bebês,

Resumo

Este texto aborda a temática aplicabilidade da Norma Técnica nº 12/2007 – Brigada de Incêndio, que se aplica a todas as edificações e áreas de risco enquadradas na Lei nº 1.787, de 15 de maio de 2007, do Estado do Tocantins, no CMEI Contos de Fada. Busca compreender se os professores estão preparados para prestar os primeiros socorros em bebês segundo as normas, buscando conhecer a Norma Técnica, sua aplicabilidade nos espaços de atendimento educacionais a bebês e relacioná-la com documentos oficiais do MEC, refletindo sobre a formação do professor e seu preparo para lidar com pequenos acidentes em escolas infantis. Levando em consideração que o ambiente escolar que trabalha com educação infantil é local propenso para o acontecimento de incidentes e acidentes envolvendo crianças, o cumprimento de tais normas e legislações deveriam ser uma prioridade que os professores tivessem um conhecimento básico de como proceder em casos de socorros de urgência/emergência. 

Referências

BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação de Enfermagem. 2001.Disponível em: < portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/Enf.pdf >. Acesso em: 29 nov. 2015. Não paginado.

BRASIL, Ministério da Saúde. Manual de Primeiros Socorros. Rio de Janeiro: Fundação Oswaldo Cruz, 2003. Disponível em: <http://www.anvisa.gov.br/reblas/manual_primeiros_socorros.pdf> Acesso em: 16 jan. 2013. Não paginado.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto, Secretaria de Educação Funda mental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Brasília, MEC/SEF, 1998. Não paginado.

CARVALHO, F. F. Acidentes Infantis: Relatos de Diretores e Professores do Ensino Fundamental e Análise do Material Didático. 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”.

CERVO, A. L.; BERVIAN, P. A.; SILVA, R. da. Metodologia científica. – 6. ed. – São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

HAFEN, B. Q.; KARREN, K. J.; FRANDSEN, K. J. Primeiros socorros para estudantes. 7. ed. Barueri: Manole, 2002.

KRAMER, S. A política do pré-escolar no Brasil: a arte do disfarce. 7. ed. São Paulo: Cortez, 2003.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. de A. Fundamentos de metodologia científica. 5 ed. – São Paulo: Atlas 2006.

LEITE, A.C.B. Q; FREITAS, G.B; MESQUITA, M.M.L; FRANÇA, R.R.F; FERNANDES S.C.A. Primeiros socorros nas escolas. Revista Extendere vol.2 nº 1 jul. a dez./2013.

MARANHÃO, D.G.. O conhecimento para preservar a vida: um tema delicado. Veras – Revista Acadêmica de Educação do ISE Vera Cruz, v.1, n. 2, p. 255-271, 2011.

TOCANTINS. Legislação de Segurança contra Incêndio e Pânico do Estado do Tocantins. 2007. Disponível em: < www.al.to.gov.br/arquivo/35304 > Acesso em: 29 nov. 2015.

TOCANTINS. Norma Técnica nº 12 - Brigada De Incêndio. 2010. Disponível em: < http://distec.bombeiros.to.gov.br/files/pdf/nt/nt12.pdf > Acesso em: 29 nov. 2015. Não paginado.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.

Downloads

Publicado

2019-10-01