A TEMPORALIDADE MESSIÂNICA DE TRAMA (ANTONIO DIAS, 1977)*

Gustavo Motta

Resumo


RESUMO
Trama, de Antonio Dias, é uma coleção de xilogravuras, exposta, aludindo à série The Illustration of Art (1972-77), como um painel semi-retangular que se apresenta em lapso. As estampas expõem estruturas gráficas retomadas às pinturas “diagramadas” realizadas pelo artista entre 1968-71. Em cada estampa há diferentes proposições escritas, formando uma série de “plantas baixas”, propositoras de “monumentos” geométricos – calcados na participatividade da arte ambiental de H. Oiticica, e… impossíveis de serem realizados. Proposições de ação futura ou descrições do espaço experimentado? Ao contrapor materiais históricos do debate artístico brasileiro (fragmentos da geometria desenvolvimentista e da “participação do espectador” da resistência cultural de 1964-69), Trama opera uma aglutinação de tempo histórico, que implica uma nova temporalidade recheada daquele “tempo-de-agora” descrito por W.Benjamin: o tempo aberto para as possibilidades infinitas que promete a revolução social.

Palavras Chave

Antonio Dias, Hélio Oiticica, participação do espectador, Walter Benjamin.

 

Abstract
The collection of woodcuts that compose Antonio Dias’ Trama is exposed as a semi-rectangular panel, that alludes to The Illustration of Art (1972-77) series. The prints expose some graphic structures taken from his “diagram-paintings” series, made between 1968-71. In each print there is a different written proposition, forming several "floorplans”, that propose to erect a series of impossible geometric "monuments" – related, in a way, to the participatory dimension of H.Oiticica’s “environmental art”. Are those prints proposals for future action or descriptions of an experienced place? By interposing historical materials from the Brazilian artistic debate (pieces of geometry from the national-developmentalist period of the 50’s and the "participation of the spectator" from the cultural resistance of the 60’s), Trama operates an assemblage of historical time, which implies a new temporality – filled with that Jetztzeit described by Walter Benjamin: the open temporality of infinite possibilities promised by the social revolution.

Key words

Antonio Dias, Hélio Oiticica, participation of the spectator, Walter Benjamin.


Texto completo:

PDF


Direitos autorais



Indexadores, diretórios e bases de dados

      


Revista Palíndromo - Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC - Centro de Artes - CEART

Endereço: Av. Madre Benvenuta, 1907 - Itacorubi - Florianópolis - SC - CEP: 88035-001

ISSN 2175-2346



A Revista Palíndromo está disponível sob a Licença
Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.