A inspeção da instrução pública na província de São Paulo (1836 – 1876)

Célia Maria Benedicto Giglio

Resumo


O artigo apresenta uma síntese documental do desenvolvimento da inspeção da Instrução Pública na Província de São Paulo entre 1836 e 1876, considerando o movimento de especialização no Governo da Província e a conformação da instrução pública baseada numa economia moral, financeira e política. O estudo adota a análise documental dos registros do executivo provincial tendo por fonte privilegiada o corpus formado pelos Relatórios dos Presidentes da Província de São Paulo destinados a Assembleia Legislativa Provincial no período, acompanhados de seus anexos, dentre os quais os relatórios da Instrução Pública a partir de 1852. A organização da instrução pública nas províncias do Império nesse corpus documental ampliado revela inspiração em modelos culturais de governança vindos de países da Europa e dos Estados Unidos da América do Norte. Na Província de São Paulo, o artigo destaca ainda a presença de Presidentes de Província beduínos em contraste com a permanência dos Inspetores Gerais apresentando, como hipótese, a descentralização da política de instrução pública no Império como artefato de indução da centralização dessas mesmas políticas.

Palavras-chave: Inspeção da Instrução Pública; Província de São Paulo; Século XIX.

Texto completo:

PDF


Contato:
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED
Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE
Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi
Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001
(48) (48) 3664-8585
revistalinhas@gmail.com