Currículo e relações de gênero: entre o que se ensina e o que se pode aprender

Marluce Alves Paraiso

Resumo


Este artigo tem como objetivo entrar na arena das funções de ensinar e aprender de um currículo, para mostrar o que ele vem ensinando sobre gênero e que tem dificultado o aprender na escola. É seu objetivo, também, pensar possibilidades de “desaprender” o já aprendido sobre gênero, abrindo os currículos para as “subversões performáticas”, para “o falar das fronteiras” e para o “conectar com a alegria”. Busca, para isso, inspiração em conceitos e ideias-força do pensamento da diferença, especialmente de autores como Gilles Deleuze e Michel Foucault, e em noções retiradas dos estudos denominados pós-gênero ou pós-feminismo, sobretudo de Judith Butler, para encontrar saídas, produzir subversões performáticas e escapar de práticas curriculares que regulam, hierarquizam e classificam corpos e gêneros nas escolas. Usa, para isso, resultados de pesquisas que investigaram o funcionamento dos Currículos dos Projetos de Intervenção Pedagógica em cinco escolas de Belo Horizonte. O argumento aqui desenvolvido é o de que para mobilizar “agenciamentos” possibilitadores do aprender em um currículo é necessário desaprender e “desfazer-nos” de todo um sistema de raciocínio generificado que tem sido acionado nos currículos e que diferenciam, hierarquizam e excluem na escola. Mostro, então, que é necessário “desfazer” o já foi feito, desmontar pensamentos e raciocínios vistos como “normais”, falar de um outro lugar que não seja o lugar de quem decide “quem é faltoso” e necessita de intervenção e “abrir os corpos” para encontrar a diferença de cada um. Diferença que, inspirada nas produções de Gilles Deleuze, considero imprescindível, para criar, para viver e para experimentar o aprender.

Palavras-chave: Currículo escolar; Pós-gênero; Diferença;  Ensinar; Aprender.


Texto completo:

PDF


Contato:
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED
Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE
Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi
Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001
(48) (48) 3664-8585
revistalinhas@gmail.com