A escola vai agradar Nhanderu? Reflexões sobre as estratégias étnicas dos Guarani Mbya e as políticas educacionais indígenas
Will school please Nhanderù? reflections upon ethnical strategies among mbya Guarani and educational policies impact

Marília G. Ghizzi Godoy

Resumo


O presente artigo trata das políticas públicas com os indígenas, dos subsídios legais, e formação de um espaço intercultural através da escola indígena. Frente a esses dados o texto reflete sobre as estratégias e etnicidade dos índios Guarani Mbya em relação as suas tradições e radicalismo cultural, etnicidade.

PALAVRAS-CHAVE: Educação indígena, interculturalidade, Guarani Mbya, resistência cultural.

 

 

The present article examines the public policies towards Brazilian Indians, the legal subsidies and the developing intercultural arrangements in Brazilian Indian Schools. Based on these notions, this text is a reflection upon Mbya Guarani Indians strategies and ethnicity related to their traditions and cultural resistance.

KEYWORDS: Indian education, interculturalism. Mbya Guarani, cultural resistance, ethnicity.


Texto completo:

PDF


Contato:
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED
Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE
Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi
Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001
(48) (48) 3664-8585
revistalinhas@gmail.com