(Des) Razões da retirada da Filosofia do Ensino Médio no Brasil
The Non-Reasons for the removal of Philosophy from Brazilian High Schools

Celso João Carminati

Resumo


Neste trabalho, apresentamos a realidade da presença da Filosofia nas escolas de nível médio no Brasil a partir da conjuntura político e ideológica que foi sendo constituída desde o golpe militar de 1964. A profissionalização do ensino médio fez com que as disciplinas da área humanística fossem reduzidas completamente. Porém, o debate e a reação dos segmentos sociais organizados colocaram em evidência essa situação. Neste sentido, refletimos sobre as (des) razões da retirada da Filosofia dos currículos escolares e as distintas posições do movimento pela sua reintrodução.

PALAVRAS-CHAVE: Ensino Médio. Filosofia. Razões. Políticas Educacionais

  

This text discusses the presence of Philosophy in Brazil’s high schools, based on the political and ideological developments since the military coup of 1964. The professionalization of high school teaching brought about a dramatic reduction in Humanities subjects. The reaction within organized social segments to this trend brings this situation into debate. We reflect upon the non-reasons for the removal of Philosophy from school curriculums as well as on the different positions within the movement for their reintroduction.

KEY WORDS: High School. Philosophy. Reasons. Educational Policies.


Texto completo:

PDF


Contato:
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED
Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE
Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi
Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001
(48) (48) 3664-8585
revistalinhas@gmail.com