Progressão continuada: explorando perspectivas e contradições
Student Advancement: Exploring Perspectives and Contradictions

Cacilda Encarnação Augusto, Elisandra Girardelli Godoi

Resumo


Este artigo traz uma discussão sobre a experiência da Progressão Continuada, uma política pública que foi implementada no Ensino Fundamental das escolas públicas do estado de São Paulo, com o objetivo principal de garantir a permanência do aluno na escola através da eliminação da repetência. A realidade tem apontado que a manutenção dos alunos no sistema não garante a inexistência da exclusão. Percebe-se que a maioria das propostas na educação brasileira é implementada sem um debate, envolvimento e consenso dos principais atores sociais, comprometendo, assim, o seu sucesso. A Progressão Continuada deve ser repensada em seus limites e avanços. É preciso garantir que todos tenham direito a permanecer tanto no sistema escolar quanto no social.

PALAVRAS-CHAVE: Políticas Públicas. Ensino Fundamental. Avaliação. Progressão Continuada.  Exclusão social

 

This article outlines a discussion regarding the Student Advancement experiment, which is a public policy that was implemented in the public elementary schools in São Paulo state. The principal objective was to guarantee that students remain in school by eliminating repeat years. Experience has indicated that the simple fact that students remain in the school system does not guarantee the existence of exclusion. It has been realized that the majority of policies in Brazilian education are implemented without debate, involvement and consensus from the principal social actors, which compromises their success.

KEY WORDS: Social Policies. Elementary School Education. Evaluation. Student Advancement and Social Exclusion


Texto completo:

PDF


Contato:
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED
Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE
Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi
Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001
(48) (48) 3664-8585
revistalinhas@gmail.com