Politicas de Avaliação

Politicas de Avaliação das diferentes Seções

Processo de Avaliação pelos Pares (Peer review)

  1. A Urdimento garante a qualidade de seus textos por meio de avaliações realizadas rigorosamente às cegas por pares.

 

  1. Os textos submetidos pelo sistema da Urdimento serão inicialmente avaliados pela Editoria-chefe, quanto a sua conformidade no tocante às diretrizes aos autores, ao foco e ao escopo da revista. Após a aprovação na avaliação inicial, passa-se à apreciação por pares duplo-cego.

 

  1. A avaliação às cegas será realizada por, pelo menos, dois estudiosos da área. Os avaliadores estão elencados no site da Urdimento. Serão convidados avaliadores ad hoc em caso de necessidade.

 

  1. A Editora-chefe, após as avaliações realizadas por no mínimo dois especialistas da área, verificará os pareceres em relação à contribuição em questão para, então, deliberar acerca da publicação do artigo. Em caso de duas avaliações divergentes com relação à aprovação do artigo, o mesmo será submetido a uma terceira avaliação às cegas para desempate.

 

  1. Os artigos enviados aos Dossiês Temáticos serão avaliados, exclusivamente, pelo Corpo de Editores de cada Dossiê Temático, também pelo sistema de duplo-cego. Também por esse corpo editorial são avaliados quanto a sua pertinência de publicação, vinculadas aos Dossiê Temáticos, nas seções: Debates, Relatos e Dramaturgias.

 

  1. As entrevistas serão avaliadas pela Editora-chefe e/ou Editores-Associados, não sendo submetidas ao sistema de avaliação duplo-cego por pares, não havendo, portanto, necessidade de se recorrer ao Conselho de Pareceristas nesses casos.

 

  1. As traduções serão avaliadas pela Editora-chefe e/ou Editores-Associados, que, nesse caso, pode aprová-las, rejeitá-las ou, se entender necessário, submetê-las à apreciação de Pareceristas.

 

  1. Resenhas serão avaliadas pela Editora-chefe e/ou Editores-Associados, não sendo submetidas ao sistema de avaliação duplo-cego por pares, não havendo, portanto, necessidade de se recorrer ao Conselho de Pareceristas nesses casos.

 

A cada dois anos, a Editora-chefe e Editores-Associados efetuarão análise do desempenho dos Pareceristas e do Conselho Editorial, levando em consideração aspectos como: disponibilidade em atender as demandas; agilidade na emissão de pareceres; qualidade dos pareceres emitidos; eventuais contribuições à política; manutenção do currículo Lattes pessoal atualizado. Conselheiros que receberem indicação de baixo desempenho poderão ser automaticamente descredenciados.

 

Diretrizes para avaliação

 

Os critérios adotados para a avaliação e seleção dos textos submetidos à Urdimento são de maneira ampla:

  • Conformidade do texto às regras estabelecidas pela revista.
  • Pertinência do artigo ao periódico.
  • Originalidade.
  • Atualidade e relevância do
  • Clareza e adequação do título à proposta do artigo.
  • Resumos sucintos, claros e compreensíveis e sua relação com o artigo.
  • Coerência das palavras-chave.
  • Clareza de objetivos.
  • Estrutura e organização do artigo quanto à coerência.
  • Consistência metodológica.
  • Fundamentação teórica.
  • Pertinência, relevância e atualidade das referências bibliográficas.
  • Reflexões do autor.
  • Coerência e pertinência da argumentação.
  • Considerações finais condizentes com os objetivos propostos.
  • Linguagem e qualidade da redação.
  • Verificação e adequação do artigo à seção da revista a qual foi submetido.

 

Crítica construtiva - Os comentários dos pareceristas devem reconhecer aspectos positivos do manuscrito, identificar aspectos negativos de forma construtiva e indicar as melhorias necessárias. Caso contrário, o autor não terá ideia dos problemas presentes no trabalho submetido. O parecerista deve explicar e apoiar seu julgamento com clareza suficiente para que editores e autores possam entender a fundamentação dos comentários. O parecerista deve assegurar que observações ou argumentos previamente relatados sejam acompanhados por uma citação relevante, alertando imediatamente o editor ao perceber a publicação duplicada.