[1]
F. C. de Lima, “Corpo, corpus e corpa: da violência de Goody, de Vinegar Tom”, Urdimento, vol. 1, nº 12, p. 133-141, set. 2018.