Decadência dos sistemas agrícolas tradicionais e a urbanização da cidade de São Paulo

Autores

  • Cristina de Marco Santiago Instituto Florestal de São Paulo - SP

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984724620432019007

Resumo

Os sistemas agroflorestais são cruciais para a reprodução material e cultural de lavradores tradicionais de economia doméstica semifechada, cada vez em menor número em todo o mundo. No estado de São Paulo, a origem do processo de decadência da lavoura caipira é um assunto controverso e pouco estudado, comumente associado ao esgotamento do solo. Por meio do estudo de caso em um bairro rural tradicional remanescente, buscamos aprofundar a compreensão e reflexão sobre os aspectos envolvidos na involução dos sistemas agroflorestais praticados pelo sitiante que abastecia a cidade de São Paulo, bem como refletir sobre os fundamentos, especialmente econômico e tecnológico, para um desenvolvimento territorial que possa valorizar o modo de vida desses grupos. Utilizamos o território como categoria central de análise, articulando três outras categorias relacionadas: uso do solo, modo de vida e relação campo-cidade. Ficou evidenciado que as práticas de exploração exercidas pelos caipiras, por sucessivas gerações, não determinaram a quase extinção do sistema produtivo local. Todavia, foram determinantes as transformações socioeconômicas pelas quais a cidade e o país passaram. A reflexão sobre a retomada do desenvolvimento em territórios tradicionais foi realizada, particularmente, a partir da contribuição de Friedrich E. Schumacher, Alexander Chayanov e John Friedmann. 

Palavras-chave: Cultura caipira. Modo de vida tradicional. Comunidade tradicional. Economia doméstica. Desenvolvimento territorial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristina de Marco Santiago, Instituto Florestal de São Paulo - SP

Engenheira Florestal, Doutora em Geografia (na área de Geografia Humana) e Pesquisadora Científica do Instituto Florestal de São Paulo.

Downloads

Publicado

2019-11-21

Como Citar

SANTIAGO, C. de M. Decadência dos sistemas agrícolas tradicionais e a urbanização da cidade de São Paulo. PerCursos, Florianópolis, v. 20, n. 43, p. 07 -38, 2019. DOI: 10.5965/1984724620432019007. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/percursos/article/view/1984724620432019007. Acesso em: 3 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos Dossiê