Política Territorial e Pobreza: o microcrédito orientado no Território Oeste Catarinense

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984724620432019091

Resumo

É recente a discussão que a academia, o poder público e a sociedade civil vêm realizando para diferenciar o paradigma tradicional das políticas públicas daquelas voltadas para o chamado desenvolvimento rural. E o crédito é um dos elementos estruturantes. Busca-se, neste artigo, questionar quais os principais fatores que limitaram o desenvolvimento do Microcrédito Orientado no Território Oeste Catarinense como política de atendimento aos segmentos mais vulneráveis da agricultura familiar no meio rural. O estudo se caracteriza como qualitativo de cunho documental, por privilegiar a observação vivenciada e a análise dos principais documentos orientadores da política territorial. Estruturou-se o trabalho em quatro sessões, a saber: a Política Social e a pobreza rural no Brasil; a Política Territorial e sua implementação no Território Oeste Catarinense; a Política de Microcrédito Orientado e, por fim, as considerações finais. Os dados apontam: os juros altos do crédito contribuíram para limitar o acesso pelo público-alvo; baixa rentabilidade da operação para a instituição financeira; limitação ou inexistência de divulgação do programa; e uma falta de integração do Plano de Microcrédito com ações de outras políticas afins. 

Palavras-chave: Desenvolvimento rural. Território nacional. Comunidades agrícolas. Financiamento agrícola. Pobreza rural - Brasil.

Biografia do Autor

Carlos Eduardo Arns, Universidade Católica de Pelotas

Engenheiro Agrônomo (UFSC), especialista em Administração Rural (UNOESC), Mestre em Desenvolvimento Regional (UNISC), Doutorando em Políticas Sociais e Direitos Humanos da Universidade Católica de Pelotas (UCPel/RS). Bolsista Capes.

Juliano Vitória Domingues, Professor Colaborador da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC.

Sou formado como Engenheiro Agrônomo (2014), especialista em Georreferenciamento e Levantamentos Geodésicos (2015) e Mestre em Educação (2017) pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó. Atualmente trabalho como Professor Colaborador de Instalações de Produção Animal do Departamento de Zootecnia da Universidade do Estado de Santa Catarina, campus Chapecó.

Downloads

Publicado

2019-11-21

Como Citar

ARNS, C. E.; DOMINGUES, J. V. Política Territorial e Pobreza: o microcrédito orientado no Território Oeste Catarinense. PerCursos, Florianópolis, v. 20, n. 43, p. 91 - 119, 2019. DOI: 10.5965/1984724620432019091. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/percursos/article/view/1984724620422019091. Acesso em: 17 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos Dossiê