Mobilização social para adaptação à mudança climática: uma experiência na bacia do Rio Pardo (RS)

Autores

  • Markus Erwin Brose Universidade de Santa Cruz do Sul - UNISC

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984724619392018291

Resumo

Face à inatividade de governos nacionais em promover adaptação à mudança do clima, a adaptação pela esfera subnacional vem ganhando relevância no debate acadêmico. Na diversidade de iniciativas inovadoras de adaptação subnacional no âmbito da federação brasileira, a legislação adotada no Rio Grande do Sul recebeu destaque. As ferramentas para a Política Gaúcha de Adaptação Climática, porém, (ainda) não estão operacionais. O presente trabalho sintetiza resultados de projeto de pesquisa aplicada, entre 2016 e 2017, que visa identificar e dar visibilidade a inovações na adaptação adotadas de forma voluntária por atores privados e não governamentais na Região Central do RS. Foram identificadas cerca de uma centena de organizações, entre empresas de pequeno e grande porte, cooperativas, universidades e órgãos públicos locais, que estão testando mecanismos para compensar suas emissões de gases de efeito estufa, promovendo a eficiência energética ou o pagamento por serviços ambientais. O projeto aqui descrito visa a contribuir para registro, análise e difusão dessas inovações, entendidas como iniciativa de divulgação científica pela universidade comunitária UNISC para o debate e a mobilização social na esfera regional.

 

Palavras-chave: Mudança Climática. Adaptação Climática. Vale do Rio Pardo (Brasil).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-06-14

Como Citar

BROSE, M. E. Mobilização social para adaptação à mudança climática: uma experiência na bacia do Rio Pardo (RS). PerCursos, Florianópolis, v. 19, n. 39, p. 291 - 306, 2018. DOI: 10.5965/1984724619392018291. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/percursos/article/view/1984724619392018291. Acesso em: 4 fev. 2023.