O lugar das interações entre os diferentes movimentos sociais na “definição” dos territórios de povos e comunidades tradicionais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984724619392018005

Resumo

Buscamos nesse artigo apontar algumas das ressignificações operadas na categoria “território” a partir da emergência e consolidação das demandas e lutas políticas dos povos e comunidades tradicionais. Se a literatura a respeito do tema privilegia as relações desses coletivos com o Estado e seus antagonistas, nosso foco reside no exame de como as interações entre diferentes tipos de movimentos sociais – incluídos aí aqueles que se organizam em função de princípios diversos aos privilegiados por esses povos e comunidades – desempenham um papel relevante na atribuição de significados concretos à categoria que buscamos examinar. O material empírico de que nos servimos para levar adiante tal discussão inclui eventos ocorridos no Norte de Minas Gerais e em espaços institucionais de participação no âmbito do governo federal.

 

Palavras-chave: Povos e Comunidades Tradicionais. Lutas por Território. Lutas por Terra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Dumans Guedes, Departamento de Sociologia e Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal Fluminense

Doutor em Antropologia Social, Professor da Universidade Federal Fluminense (UFF)

Downloads

Publicado

2018-06-14

Como Citar

GUEDES, A. D. O lugar das interações entre os diferentes movimentos sociais na “definição” dos territórios de povos e comunidades tradicionais. PerCursos, Florianópolis, v. 19, n. 39, p. 05 - 27, 2018. DOI: 10.5965/1984724619392018005. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/percursos/article/view/1984724619392018005. Acesso em: 4 fev. 2023.