O cuidado com as imagens de crianças nos estágios de pedagogia

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984724623512022498

Palavras-chave:

estágios, direito à própria imagem, crianças, ética

Resumo

Este texto tem por objetivo discutir como a escola aborda o direito de imagem da criança, de modo a refletir positivamente para os registros dos trabalhos dos alunos do curso de Pedagogia nas escolas de estágio, sendo escolas mescladas entre privado e público, dos Anos Iniciais, Educação Infantil e alguns espaços não escolares (Lar de idosos, Centro de condutores, Secretária de Educação). Recorremos à coleta de dados documental realizada em relatórios de observação desde o ano de 2014 até 2019, do estágio supervisionado do curso de Pedagogia, e sobretudo aos dados coletados nas escolas de estágio pelos alunos do curso. Argumentamos com base nos resultados encontrados que é necessária uma mudança de atitudes quanto ao uso da imagem das crianças na escola, começando com reflexões importantes sobre o assunto em cursos de formação de professores, almejando uma mudança comportamental que possa proteger a criança nesse sentido, quando falamos em prática pedagógica. Em especial, uma prática diferenciada pelos estagiários em seus campos de estágio no tocante ao registro das atividades realizadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiane Lumertz Klein Domingues, Centro Universitário Cesuca

Doutora em Teoria da Literatura pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS. Professora do Centro Universitário Cesuca.

Gabriele Bonotto Silva, Centro Universitário Cesuca

Doutora em Educação pela Universidade La Salle. Professora do Centro Universitário Cesuca.

Referências

ANASTASIOU, Léa das Graças Camargos As bases teórico-metodológicas da educação de adultos e os desafios da metodologia ativa nos cursos de graduação. In: MALPARTIDA, Humberto Miguel Garay (org.). Metodologias ativas de aprendizagem no ensino superior: relatos e reflexões. São Paulo: Intermeios, 2015. p. 17-34.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal: Centro Gráfico, 1988.

BRASIL. Lei n. 8.069, de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências. Brasília, DF: Presidência da República, 16 jul. 1990. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/L8069.htm#art266. Acesso em: 16 fev. 2020.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Resolução CNE/CP 1, de 15 de maio de 2006. Brasília, DF: SEED, 2006.

BRASIL. Lei n. 10.406, 10 de janeiro de 2002. Institui o Código Civil. Brasília, DF: Câmara Legislativa, 11 jan. 2002. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/2002/lei-10406-10-janeiro-2002-432893-publicacaooriginal-1-pl.html Acesso em: 16 fev. 2019.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

CURY JÚNIOR, David. A proteção jurídica da imagem da criança e do adolescente. 2006. p. 298. Tese (Doutorado em Direito) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2006.

DAHLBERG, Gunilla. Documentação pedagógica: uma prática para a negociação e a democracia. In: EDWARDS, Carolyn; GANDINI, Lella; FORMAN, George. As cem linguagens da criança: a experiência de Reggio Emilia em transformação. Porto Alegre: Penso, 2016. p. 229-234

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2008.

LÜDKE, Menga; ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo Afonso de. Pesquisa em educação:

abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 1986. 99 p.

MORAN, José. Metodologias ativas para uma aprendizagem mais profunda. In: BACICH, Lilian, MORAN, José (org.). Metodologias ativas para uma educação inovadora: uma abordagem teórico-prática. Porto Alegre: Penso, 2018. p. 1-24

RINALDI, Carlina. A pedagogia da escuta: a perspectiva da escuta de Reggio Emilia. In: EDWARDS, Carolyn; GANDINI, Lella; FORMAN, George. As cem linguagens da criança: a experiência de Reggio Emilia em transformação. Porto Alegre: Penso, 2016. p. 235-248.

VENDRUSCOLO, Weslei. Direito à própria imagem e sua proteção jurídica. 2008. p. 175. Tese (Doutorado em Direito) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2008.

ZABALZA, Miguel. O estágio e as práticas em contextos profissionais na formação universitária. São Paulo: Cortez, 2014

Downloads

Publicado

2022-05-13

Como Citar

DOMINGUES, C. L. K.; SILVA, G. B. O cuidado com as imagens de crianças nos estágios de pedagogia. PerCursos, Florianópolis, v. 23, n. 51, p. 498 - 514, 2022. DOI: 10.5965/1984724623512022498. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/percursos/article/view/17075. Acesso em: 4 jul. 2022.