Chamada de textos para dossiê 2023/1 “A multidimensionalidade das velhices: perspectivas do envelhecimento nas agendas do século XXI”

2022-03-29

A Revista PerCursos -  Faed/Udesc receberá  para análise, até 15/08/2022, artigos, resenhas, entrevistas e traduções de artigos inéditos para língua portuguesa  relacionadas à temática do dossiê “A multidimensionalidade das velhices: perspectivas do envelhecimento nas agendas do século XXI”

O envelhecimento populacional é uma das maiores conquistas sociais dos últimos tempos, porém não implica necessariamente em maior qualidade de vida para as pessoas que envelhecem. Pelo contrário, a literatura aponta que questões como a renda pessoal e familiar, a escolaridade, o local de moradia, o acesso aos serviços sociais e de saúde, entre tantos aspectos, podem ser determinantes para como se envelhece. A situação complexifica nos países em desenvolvimento, pois não conseguiram garantir um patamar básico de direitos às suas populações. A heterogeneidade das velhices, ou seja o pressuposto que cada pessoa envelhece de modo próprio e particular e com o passar dos anos mais singular se tornam, suscita na demanda crescente por políticas públicas, programas, oportunidades e serviços que atendam ao idoso, respeitando sua individualidade, garantindo sua independência e autonomia.

   Entre a velhice de cada pessoa e o fenômeno social e coletivo, há uma heterogeneidade de situações, temas e perspectivas relacionadas aos determinantes sociais do envelhecimento que merecem ser abordadas pelas diferentes áreas do saber.

   De um modo geral, o objetivo deste dossiê é aprofundar o debate no fenômeno multidimensional do envelhecimento, tratando desde a perspectiva individual e pessoal, passando por aspectos ambientais e territoriais, até mesmo globais, considerando diferentes agendas de atuação social e coletiva, a saber: a agenda das emergências climáticas, dos objetivos do desenvolvimento sustentável, da justiça social, da reforma urbana, da defesa do Sistema Único de Saúde e da Previdência Social e Assistência Social Pública, da inclusão, da decolonialidade, entre outras. Convidamos as participações de trabalhos acadêmicos, de profissionais e ativistas das diferentes áreas do saber que incidam e versam sobre o envelhecimento em nossa sociedade. Esperamos trabalhos que tratem de questões relevantes do ponto de vista social e individual, considerando diferentes escalas de debate (a moradia, o bairro e a cidade, o urbano e o rural, os serviços, as redes de proteção e cuidado, questões de gênero, o ambiente, entre outros).

O dossiê integrará a primeira edição do ano de 2023 e será organizado pelos professores Leides Barroso Azevedo Moura (Universidade de Brasília – UNB), Eucaris Olaya (Universidade Nacional da Colômbia - UNAL), Rodrigo Cardoso Bonicenha (Universidade Federal do ABC) e Áurea Soares Barroso (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP)

 

As normas para submissão estão disponíveis na página eletrônica da revista:  

https://www.revistas.udesc.br/index.php/percursos/about/submissions