O Papel Social dos Museus e a Mediação Cultural: Conceitos de Vygotsky na Arte-Educação Não-Formal

Autores

  • Julia Rocha Pinto

DOI:

https://doi.org/10.5965/2175234604072012081

Resumo

Este artigo faz uma reflexão sobre as práticas educativas realizadas em Museus e espaços promotores da Arte. O texto trabalhará a estrutura museal no geral, trazendo alguns aspectos históricos desta instituição. Coloca-se a possibilidade de papel social que o museu pode desempenhar, refletindo a razão das pessoas frequentarem estes espaços e percebendo a estrutura de trabalho que predispõe os museus. A partir de uma compreensão do caráter social e educativo destas instituições é que se traz a contribuição de Lev S. Vygotsky para a prática da educação em museus de arte. Compreendida como mediação cultural, a educação em exposições propõe que haja uma relação dialogal entre o mediador, a obra e o público.

Downloads

Publicado

2013-05-27

Como Citar

PINTO, J. R. O Papel Social dos Museus e a Mediação Cultural: Conceitos de Vygotsky na Arte-Educação Não-Formal. Palíndromo, Florianópolis, v. 4, n. 7, 2013. DOI: 10.5965/2175234604072012081. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/palindromo/article/view/3341. Acesso em: 30 nov. 2021.

Edição

Seção

Artigos Seção temática