[1]
S. L. V. Velloso, “Arreda Boi: a brincadeira do Boi-de-mamão como resistência e profanação no processo educativo das culturas populares”, Revista NUPEART, vol. 22, nº 2, p. 09-29, dez. 2019.