Memória, teoria e prática: fios que se tecem na formação do professor

Autores

  • Tânia Regina da Rocha Unglaub

DOI:

https://doi.org/10.5965/2358092502022003079

Resumo

O presente artigo visa analisar a formação do professor, discutindo alguns elementos que influenciam a maneira de ser do docente, bem como sua ação pedagógica. Para tanto, buscou-se compreender vários fios que se tecem na construção desse processo pedagógico. Um dos fios mencionado e destacado neste contexto é a memória. Reflete-se sobre sua interação dinâmica, tanto com o passado, embora alterado pelo dinamismo das lembranças, quanto com o presente, ao procurar na experiência um complemento indispensável para uma formação equilibrada na arte de ensinar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BENJAMIM, Walter. Reflexões: a criança, o brinquedo, a educação. São Paulo: Summus Editorial, 1984.

BUENO, Belmira O., CATANI, Denice B., SOUSA,

Cynthia (Org.). Docência, Memória e Gênero: estudos sobre formação. São Paulo: Escrituras, 1997.

BUENO, Belmira O., CATANI, Denice B., SOUSA,

Cynthia P. A Vida e Ofício dos Professores. São Paulo: Escrituras, 2002.

CERTEAU, Michel. A Invenção do Cotidiano. Petrópolis: Vozes,1994.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 35ª. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2003.

NÓVOA, António (Org.) Os Professores e sua Formação. 2ª. Ed. Lisboa: Dom Quixote, 1995.

NÓVOA, António. Vida de Professores. Porto: Porto, 1992.

SILVA, Marilda. Como se Ensina e se Aprende a ser professor. Bauru, SP: EDUSC, 2003.

THOMPSON, E.P. A Miséria da Teoria. Rio de Janeiro: Zahar, 1981.

Downloads

Publicado

2012-05-13

Como Citar

UNGLAUB, Tânia Regina da Rocha. Memória, teoria e prática: fios que se tecem na formação do professor. Revista NUPEART, Florianópolis, v. 2, n. 1, p. 79–90, 2012. DOI: 10.5965/2358092502022003079. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/nupeart/article/view/2643. Acesso em: 29 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos