Performar Nietzsche: a autoetnografia como caminho metodológico aplicado ao processo criativo de Adeuzará

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/235809252712023e4510

Palavras-chave:

Nietzsche, processo de criação, linguagens, ação performática, autoetnografia

Resumo

Este artigo discorre acerca do processo criativo interdisciplinar do coletivo de arte ADEUZARÁ (Belo Horizonte, Minas Gerais) a partir de uma pesquisa sobre a vida e a obra do filósofo alemão Friedrich Nietzsche. O trabalho foi originalmente apresentado como tese de doutoramento no Programa de Pós-graduação em Estudos de Linguagens (POSLING) do CEFET-MG. ADEUZARÁ elegeu “Assim Falou Zaratustra: um Livro para Todos e para Ninguém” como mote principal do estudo e da criação artística do coletivo. Desenvolvido entre 2013 e 2017, ADEUZARÁ articulou diversas linguagens em sua poética, desdobrando-se em produção e criação de arte performativa de rua, transmissões radiofônicas e uma instalação cênico-sonora. O estudo foi desenvolvido a partir de pesquisa documental, utilizando a metodologia de autoetnografia. O autor parte da vivência como cocriador no coletivo para, depois, escrever sobre sua experiência durante o processo. Para tanto, foi realizada uma apreciação da expressão criativa dessa poética: diários de bordo, registros audiovisuais, entrevistas com cocriadores e parceiros envolvidos no processo. O artigo faz um recorte do movimento criativo de ADEUZARÁ e aborda a concepção da instalação cênico-sonora GRIETZSCHE, apontando o método autoetnográfico como um caminho possível para a pesquisa em arte, sobretudo, em relação à pesquisa artística no âmbito acadêmico. Dentre as conclusões do estudo, este trabalho destaca como a arte performativa de rua propicia outros modos de ver, ser, estar, ocupar e conviver na e com a cidade. Quanto à instalação cênico-sonora, enfatiza-se o papel da intermidialidade como processo, sendo que o evento não tem caráter de obra/produto, e sim de acontecimento transitório e fugaz.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandro Geraldo da Silva Acácio, POSLING CEFET - MG

Artista e pesquisador natural de Belo Horizonte, Minas Gerais. Se interessa por teatro, dança, música, ações performativas. Professor de interpretação da Escola de Teatro da PUC-MG e do curso extraclasse de teatro da Escola Internacional Fundação Torino (Nova Lima/MG). Doutor em Estudos de Linguagens pelo CEFET-MG, Mestre em Teatro pela Escola de Belas Artes da UFMG e Graduado em Educação Artística pela Escola de Música da UEMG.

Referências

ACÁCIO, Leandro Geraldo da Silva. O teatro performativo: a construção de um operador conceitual. 2011. Dissertação (Mestrado em Teatro) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2011.

ACÁCIO, Leandro Geraldo da Silva. Performar Nietzsche: corpo, intermídia e transitoriedade nas ações de ADEUZARÁ. 2021. Tese (Doutorado em Estudos de Linguagens) – Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2021.

COHEN, Renato. Work in progress na cena contemporânea: criação, encenação e recepção. São Paulo: Perspectiva, 2006.

FÉRAL, Josette. Além dos limites: teoria e prática do teatro. São Paulo: Perspectiva, 2009, p. 113-131.

FERNANDES, Sílvia. Teatralidades contemporâneas. São Paulo: Perspectiva/FAPESP, 2010.

FISCHER-LICHTE, Erika. La estetica de lo performativo. Madri: Abade, 2008.

HIGGINS, Dick. Declarações sobre a intermídia. In: FERREIRA, Glória; COTRIM, Cecilia (Org). Escritos de artistas: anos 60/70. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2009, p. 139-141.

NIETZSCHE, Friedrich Wilhelm. Assim Falou Zaratustra: um livro para todos e para ninguém. Tradução de Paulo César de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

REVISTA ASPAS: metodologias de pesquisa no acompanha- mento de processos cênicos. São Paulo: USP, v. 7, n. 2, mai. 2017. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/aspas/issue/ view/10620. Acesso em: 7 mai. 2019.

TAYLOR, Diana. O arquivo e o repertório: performance e memó- ria cultural nas Américas. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2013.

ADEUZARÁ. Direção: Bruno Pacheco. Produção: Bezouro. Belo Horizonte: Fundação Municipal de Cultura, 2016. 1 DVD (32 min.), son., color.

Pasta do Google Drive (arquivos de áudio e vídeo online). Disponível em: https://drive.google.com/drive/folders/1yejaUXGVBL7H43mH- 3fQAY6Hq5zL9-6RO?usp=sharing Acesso em: 11 ago. 2021

Downloads

Publicado

2023-12-14

Como Citar

ACÁCIO, Leandro Geraldo da Silva. Performar Nietzsche: a autoetnografia como caminho metodológico aplicado ao processo criativo de Adeuzará. Revista NUPEART, Florianópolis, v. 27, n. 2, 2023. DOI: 10.5965/235809252712023e4510. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/nupeart/article/view/24510. Acesso em: 18 abr. 2024.