Espaço Semente: democratização de práticas artísticas comunitárias em uma periferia de Brasília – DF

Autores

  • Valdeci Moreira de Souza Doutorando em Teatro pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Professor da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal. http://orcid.org/0000-0002-7611-6195

DOI:

https://doi.org/10.5965/2358092521232020235

Palavras-chave:

comunidade, Espaço Semente, ação cultural e artística

Resumo

Este artigo visa discutir a variedade de práticas comunitárias em artes, em especial as focadas no teatro, utilizando das experiências do Espaço Semente, local de exercício artístico na periferia da capital do Brasil. Para isso, foram levantadas questões sobre Comunidade, bem como suas práticas, enquanto termos capazes de abarcar a complexidade de uma prática que se pretenda abrangente como a do Espaço Semente. Diante da trajetória apresentada, esse artigo sugere ação cultural e ação artística como categorias de análise que acrescentem à discussão, com foco no seu potencial de inclusão e democratização dos meios de produção de arte e cultura.

Biografia do Autor

Valdeci Moreira de Souza, Doutorando em Teatro pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Professor da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal.

Valdeci Moreira de Souza é professor da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal, ator e diretor teatral. Possui graduação em Licenciatura em Educação Artística com Habilitação em Artes Cênicas pela Universidade de Brasília (2006). Mestrado em Artes, na área de concentração Ensino de Artes, pela Universidade de Brasília (2018), doutorando no Programa de Pós-Graduação em Teatro (PPGT), pela Universidade do Estado de Santa Catarina (2019/2). Tem experiência na área de educação e interpretação e Direção Teatral. Minha pesquisa atual do doutorado, intitulada: Uma Cena para Rosa: Práticas Teatrais Comunitárias como Formação Cênica-Literária no Espaço Semente. Focalizando no Teatro em comunidade: buscando democratizar a arte e a cultura através de um Teatro Comunitário engajado com as mudanças sociais e a inclusão da população periférica na produção cultural. É Coordenador e Diretor do Espaço Semente e da Semente Cia de Teatro-DF. 

Downloads

Publicado

2020-08-14

Como Citar

SOUZA, V. M. de. Espaço Semente: democratização de práticas artísticas comunitárias em uma periferia de Brasília – DF. Revista NUPEART, Florianópolis, v. 23, p. 235-257, 2020. DOI: 10.5965/2358092521232020235. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/nupeart/article/view/17552. Acesso em: 4 dez. 2021.