Em combate a LGBTfobia: um processo de teatro-fórum conduzido por Marcia Pompeo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2358092521232020075

Palavras-chave:

pedagogia do teatro, teatro na comunidade, teatro do oprimido, teatro-fórum, LGBTfobia

Resumo

O presente artigo é um estudo da teoria do Teatro do Oprimido de Augusto Boal a partir dos processos de criação e de apresentações (pública e em sala de aula) de um Teatro-Fórum com temática de opressão a LGBTfobia dentro do ambiente familiar. O objetivo é analisar a utilização da teoria prevendo sua proposição na área de Teatro na Comunidade. O processo foi conduzido pela professora Marcia Pompeo Nogueira e realizado por um grupo de dez estudantes da disciplina de Metodologia de Ensino do Teatro na Comunidade do curso de Licenciatura em Teatro da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC).

Biografia do Autor

Túlio Fernandes Silveira, Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)

Graduando de Licenciatura em Teatro na Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Professor de teatro em formação, pesquisador e ator. 

Downloads

Publicado

2020-08-14

Como Citar

SILVEIRA, T. F. Em combate a LGBTfobia: um processo de teatro-fórum conduzido por Marcia Pompeo. Revista NUPEART, Florianópolis, v. 23, p. 75-101, 2020. DOI: 10.5965/2358092521232020075. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/nupeart/article/view/17538. Acesso em: 4 dez. 2021.