Uma primeira vez: sobre encontros e um processo de mediação em teatro na comunidade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/2358092521232020330

Palavras-chave:

teatro do oprimido, Marcia Pompeo Nogueira, homenagem

Resumo

Este relato versa sobre algumas primeiras experiências pedagógicas que uma professora muito experiente pode viver, apesar de sua larga trajetória docente. Reflete acerca de inícios que se dão no fim de percursos variados. Pretende ponderar sobre o encontro gerado entre estudantes de graduação em vias de se tornarem professores e professoras com a metodologia de Boal, mais especificamente o Teatro-Fórum. Em resumo, este relato é uma homenagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Heloisa Marina, Professora na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Doutora em teatro pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Atriz, pesquisadora, professora e produtora cultural.

 

Referências

BOAL, Augusto. Stop C’est Magique! Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1980.

. Jogos para atores e não atores. Rio de Janeiro:

Civilização Brasileira, 2000.

NOGUEIRA, Marcia. Teatro e Comunidade. In: FLORENTINO, Adilsom; TELLES, Narciso: Cartografias do Ensino de Teatro: das ideias às práticas. Uberlândia: UDUFU, 2008.

Downloads

Publicado

2020-08-14

Como Citar

MARINA, H. Uma primeira vez: sobre encontros e um processo de mediação em teatro na comunidade. Revista NUPEART, Florianópolis, v. 23, n. 1, p. 330-345, 2020. DOI: 10.5965/2358092521232020330. Disponível em: https://www.revistas.udesc.br/index.php/nupeart/article/view/17414. Acesso em: 14 ago. 2022.

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.