Entre o Gesto e o Olhar da Criança, quem forma quem?

Autores

  • Andrea Nascimento Elias Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro Unirio

DOI:

https://doi.org/10.5965/2358092521212019067

Resumo

A partir da observação de um breve acontecimento após uma das performances da Cia de Dança Teatro Xirê para público formado por crianças de 2 a 6 anos, o presente artigo propõe a reflexão sobre os processos formativos postos em jogo no modo como a Cia concebe a dança contemporânea para a fruição de crianças. Considerando a trajetória de vinte anos da Cia Xirê, tomando o olhar da criança como o principal balizador de suas investigações e construções poéticas, o texto questiona a posição de aprendiz a que estão, em geral, submetidas as crianças nos processos criativos a elas direcionados, e sugere uma inversão, ou, ao menos, uma mudança de estatuto nas dinâmicas formativas implicadas na fruição artística contemporânea por parte do público por elas formado.

Biografia do Autor

Andrea Nascimento Elias, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro Unirio

Doutoranda em Artes Cênicas; mestre em Teatro (2008); especialista em Educação Estética (2002); com graduação em Educação Artística - Licenciatura Plena (2000),
sempre pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - Unirio. Possui formação técnica como bailarina pelo Centro de Estudos do Movimento e Artes - Escola Angel
Vianna (1996) e como circense pela Escola Nacional de Circo (1992-1994). Em 2003 criou e dirige, desde então, a Cia de Dança Teatro Xirê, pioneira no estado do Rio de
Janeiro na produção em dança contemporânea para crianças. Em 2009, funda a Trânsito Produções Culturais LTDA. Tem intensa atuação na área da produção cultural,
atuando principalmente nos seguintes temas: corpo, educação, dramaturgia, coreografia e infância. Com os projetos da Cia Xirê e da Trânsito Produções foi contemplada em
editais de concorrência pública do Ministério da Cultura / Funarte; Secretaria de Estado de Cultura (RJ) e Secretaria Municipal de Cultura (Rio de Janeiro / RJ). Seus
espetáculos têm circulado por diversas cidade do Brasil e pelos países: Argentina e Equador, na América Latina; Alemanha, Espanha, Itália e Grécia, na Europa; e Índia, na
Ásia.

Downloads

Publicado

2019-09-18

Como Citar

Elias, A. N. (2019). Entre o Gesto e o Olhar da Criança, quem forma quem?. Revista NUPEART, 21, 67-81. https://doi.org/10.5965/2358092521212019067